Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Wellington pede à torcida tricolor que veja campanha e evite vaia

As vaias que marcaram a estreia de Adilson Batista no S?o Paulo, ap?s o empate por 2 a 2 com o Atl?tico-GO, deixaram os atletas desconfort?veis. Wellington tentou minimizar o efeito da cobran?a da torcida, mas lembra que o time que saiu contestado de campo no ?ltimo s?bado ? o atual vice-l?der do Campeonato Brasileiro.

‘Queria passar tranquilidade para n?o vaiarem. Estamos bem no campeonato’, apontou o volante, lembrando que o protesto n?o foi geral, j? que a principal torcida organizada do Tricolor aplaudiu e utilizou gritos de incentivo ao final do jogo. ‘Eles nos passaram for?a enquanto uma parte nos vaiou’, afirmou.

O camisa 5 s?o-paulino?aponta que, apesar de estar a seis pontos do primeiro colocado e arquirrival Corinthians, a equipe tamb?m gostaria de alcan?ar logo a ponta da competi??o. O meio-campista cr? que o atual dono da lideran?a do Brasileiro deve trope?ar como no ?ltimo domingo, contra o Cruzeiro, e o S?o Paulo pode aproveitar a chance.

‘O torcedor tem o direito de cobrar e apoiar quando quiser. Ficamos chateados com o resultado tamb?m’, relatou, assegurando sempre esfor?o para agradar aos s?o-paulinos n?o s? com resultados, mas na qualidade do futebol.

‘Ningu?m quer um resultado negativo. Procuramos o bom futebol a todo momento. Temos nos preparando nos treino para dar espet?culo, fazer gol e ganhar bem. Estamos praticando isso nos treinos’, avisou Wellington.