Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Walter deixa auxiliar ‘no vácuo’ e se complica no Atlético-GO

Excesso de peso e casos de indisciplina do atacante irritam o técnico Doriva. "Se ele não se enquadrar, quem vai sair é ele"

O excesso de peso já não é mais o único problema do atacante Walter no Atlético-GO. Barrado do time pelo técnico Doriva para aprimorar sua forma física, o jogador cometeu um ato de indisciplina, flagrado pelas câmeras do canal Premiere: no banco de reservas, Walter se recusou a cumprimentar o auxiliar Eduardo Nascimento durante a vitória do Atlético-GO por 3 a 1 sobre o Avaí na noite desta quarta-feira, pelo Brasileirão. 

O fato ocorreu já no fim da partida, logo depois de Doriva fazer sua terceira substituição. O auxiliar passou cumprimentando todos do banco, mas foi surpreendido pela reação de Walter. Mesmo sem ter visto o ocorrido, o técnico Doriva condenou Walter na entrevista coletiva. “Não sei o que aconteceu, preciso ver as imagens, mas é lamentável. Futebol é elenco. Eu salientei para todos que o futebol precisa de todos. Mas se ele não se enquadrar, quem vai sair é ele.”

Assim que Doriva assumiu o Atlético-GO, há três rodadas, Walter foi para a reserva. Entrou no segundo tempo diante da Ponte Preta e não saiu do banco diante de Cruzeiro e Avaí.  O time goiano, que estava na lanterna, deixou a zona de rebaixamento – é o 16º no momento.

Walter, de 27 anos, é conhecido por seu enorme talento para marcar gols e também por sua dificuldade para entrar em forma. Nos últimos anos, também se notabilizou por casos de indisciplina. Em março, ele foi dispensado pelo Goiás depois de agredir o goleiro Matheus em um treinamento e logo assinou com o rival Atlético.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carlos Roberto Batista

    Mau caráter…por onde passa gosta de arrumar confusão…o Doriva tem que chutar o traseiro dele..

    Curtir