Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Voluntário olímpico critica primeiro-ministro britânico em discurso

O primeiro-ministro britânico David Cameron teve seu discurso interrompido em cerimônia de entrega dos uniformes para os voluntários que trabalharão nos Jogos Olímpicos de Londres-2012 . Um dos duzentos ajudantes presentes no evento se aproximou do pequeno palco onde Cameron proferia palavras de incentivo aos ouvintes e, calmamente, disse: ‘Que vergonha, David Cameron. Você está prejudicando os pobres de Londres. Que vergonha’, antes de virar as costas e, acalmado por outros voluntários, deixar o local.

Sem parecer se abalar, Cameron passou a falar diretamente com o protestante. ‘Sem protestos, senhor, sem protestos’, disse. ‘Isso não se trata de política. Trata-se da Grã-Bretanha, do voluntariado, do nosso país. Trata-se de uma Olimpíada de sucesso’, concluiu, antes de ser ovacionado pelos presentes.

Segundo o jornal inglês The Guardian, um dos porta-vozes do Comitê Olímpico afirmou que o nome do protestante não será revelado, além de garantir que seu emprego será mantido. ‘As pessoas tem o direito de defender suas opiniões políticas. O lugar, porém, era bastante inadequado’, analisa.

Serão aproximadamente 70 mil voluntários trabalhando durante os Jogos Olímpicos, distribuídos desde os estacionamentos dos locais de disputa até chapelarias onde os espectadores poderão deixar seus pertences. Já foram entregues mais de 40 mil uniformes, e a organização espera concluir este processo distribuindo aproximadamente 2,5 mil deles por dia, nas próximas semanas.