Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vasco vai começar a projetar Libertadores em novembro

A diretoria do Vasco espera o término do mês de outubro para começar a projetar a formação do seu elenco para a disputa da próxima Copa Libertadores. O Cruz-maltino está garantido no torneio continental por ter conquistado a Copa do Brasil e os dirigentes não querem aguardar o término do Campeonato Brasileiro, mesmo com o time ainda lutando pelo título, para pensar em 2012. A primeira meta é renovar o contrato do técnico Ricardo Gomes, que segue se recuperando de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e de seu auxiliar Cristóvão Borges.

A renovação de contrato da comissão técnica é dada como certa em São Januário. Ricardo Gomes já manifestou o desejo de permanecer no clube e o presidente Roberto Dinamite vinha se negando a procurar outro comandante para o elenco mesmo quando não tinha convicção de que o treinador retornaria aos gramados. Cristóvão, apesar de valorizado pelo bom trabalho feito no Campeonato Brasileiro, também não pretende criar maiores dificuldades para assinar um novo vínculo com o clube. Os dois têm contrato somente até 31 de dezembro.

Em relação ao elenco, a partir de novembro, quando Ricardo Gomes estará liberado pelos médicos para conversar com dirigentes vascaínos, é que nomes começarão a ser discutidos. Algumas peças do atual plantel não deverão ficar, pois não estão sendo muito aproveitados. Já alguns nomes começarão a ser procurados para renovar contrato.

Em termos de contratações, algumas posições são consideradas prioridades. O clube quer contratar um zagueiro de nome para formar dupla com Dedé. Isso porque este tem sido uma ausência muito sentida pelo clube quando está servindo à Seleção Brasileira. Renato Silva conta com a confiança da comissão técnica, enquanto Victor Ramos ainda está sendo avaliado.

Para o ataque também existe a necessidade de um centroavante. Elton e Alecsandro costumam ser contestados pelos torcedores e a diretoria gostaria de um nome de peso para chamar a torcida. Vagner Love, com os direitos federativos presos ao CSKA Moscou, da Rússia, mas disposto a voltar ao futebol brasileiro, vem ganhando força na Colina. O que pode atrapalhar, porém, é a sua identificação com o Flamengo, que defendeu em 2010.

Certo é que os dirigentes irão evitar declarações sobre a formação do elenco para a próxima temporada a fim de evitar especulações e desgaste com jogadores e empresários. Além disso, qualquer anúncio oficial só acontecerá após o término da participação do clube no Campeonato Brasileiro e também na Copa Sul-Americana, a fim de não atrapalhar o desempenho do time. Atualmente, o Cruz-maltino é vice-líder do Brasileirão e disputa contra o Aurora, da Bolívia, uma vaga nas quartas de final do torneio continental.