Vasco e Milton Mendes são absolvidos no STJD

Auditores minimizaram os fatos ocorridos em São Januário diante do Corinthians

O Vasco obteve duas vitórias, fora de campo, na tarde desta sexta-feira. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) absolveu o clube carioca no julgamento sobre as confusões nas arquibancadas de São Januário durante a derrota por 5 a 2 para o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Além disso, o técnico Milton Mendes também foi absolvido da acusação de ter orientado o time por telefone, mesmo estando suspenso, na mesma partida.

Três auditores votaram no processo. O relator Adilson Alexandre Simas entendeu que as imagens das confusões na arquibancada não comprovavam a participação de seguranças do clube e considerou a infração de Milton Mendes amena, sem necessidade de punição. O auditor José Maria Philomeno pediu a absolvição de Milton e uma pena de multa ao Vasco por causa dos tumultos, mas Julio Riche, o terceiro a se posicionar, optou pela absolvição nos dois casos.

A Procuradoria protestou principalmente em relação a Milton Mendes, alegando que o caso poderia abrir precedente, mas os argumentos não foram levados em consideração. Durante o julgamento foram exibidos vídeos do momento em que supostamente aconteceu o “telefone sem fio” com as orientações de Milton Mendes passadas a seus auxiliares e também da confusão envolvendo seguranças do clube e torcedores.

Sobre o tumulto, o Vasco levou ao julgamento Ricardo Pereira de Vasconcelos, assessor da presidência do Vasco, que organiza o trabalho dos seguranças. Ele negou que tenha existido excessos e que torcedores tenham sido agredidos, porém, alguns deles foram conduzidos a deixar o estádio após protestos contra a diretoria. O advogado do Vasco mostrou documentos que comprovariam conotação política do tumulto, pedindo a absolvição do clube ou, no máximo, o pagamento de uma multa.

Ainda nesta sexta-feira Milton Mendes foi julgado por ofensas ao trio de arbitragem contra o Grêmio, mas recebeu apenas advertência. Assim, está livre para dirigir o time na sequência do Brasileirão. Dentro de campo o elenco participou de um treino na manhã desta sexta-feira, mas como de hábito, não foi divulgada a escalação para o duelo contra o Atlético-GO neste domingo, às 11h(de Brasília), em São januário, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

(com Gazeta Press)

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Mario Dos Santos Sobrinho

    As tranqueira do RJ são absolvidos se de fora do estado o STRJ prejudicados, Fora passa Gomes.

    Curtir