Um mês depois, Roni deve voltar para findar má fase do Vila Nova

O empate que o Vila Nova cedeu ao ASA-AL nos minutos finais do jogo disputado nessa terça-feira manteve a equipe goiana na zona do rebaixamento e fez com que a torcida protestasse. Tentando espantar a crise, o técnico Léo Goiano ensaia quatro mudanças na equipe titular para o jogo contra o Guarani, sexta, sendo que uma delas é o retorno do atacante Roni.

O último jogo de Roni foi no dia 30 de agosto, quando o Tigre foi derrotado por 3 a 0 pelo Vitória. Vaiado pelos torcedores e em má fase técnica, Roni conversou com o técnico Artur Neto, que dirigia a equipe à época, e acabou afastado.

Agora, é provável que ele volte no lugar de Leandro Cearense. Jô, Davi Ceará e Ricardinho devem perder suas vagas para Wando, Jorge Henrique e Paulo César. Destes, Jorge Henrique é considerado titular da lateral esquerda e só não enfrentou o ASA por estar suspenso.

Sendo assim, a equipe deve ser escalada da seguinte forma: Michel Alves; Henrique, Ben-Hur e Gabriel; Victor Ferraz, Geovane, David, Paulo César e Jorge Henrique; Wando e Roni.