UFC: José Aldo leva suspensão médica de 45 dias após nocaute

Brasileiro foi derrotado pelo novo campeão Max Holloway no UFC 212, no Rio de Janeiro

José Aldo terá de ficar 30 dias sem contato físico e ao menos 45 dias sem lutar depois da derrota por nocaute para Max Holloway, na disputa pelo cinturão peso-pena na madrugada do último domingo, no UFC 212, Rio de Janeiro. A Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) disponibilizou nesta segunda-feira a lista de suspensões médicas do evento no Brasil e considerou que os golpes sofridos por Aldo exigem mais de um mês de repouso.

É praxe no UFC que, após cada evento, os lutadores recebam uma suspensão médica relativa aos danos sofridos em suas lutas. O descanso a Aldo é o mesmo imposto pelo Departamento de Licenças e Regulamentação do Texas, responsável pelo UFC 211, ao brasileiro Júnior Cigano, nocauteado por Stipe Miocic no mês passado.

Veja também

O novo campeão dos penas Max Holloway pegou a suspensão mínima, de 14 dias sem lutar e uma semana sem contato físico. As maiores suspensões médicas do UFC no Rio foram para o brasileiro Johnny Eduardo e para o britânico Jim Wallhead: 180 dias. O tempo pode ser reduzido, caso sejam liberados por ortopedistas e oftalmologistas, respectivamente.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. José Carlos Lopes de Oliveira

    Esse cara levou uma surra digna do que desejamos ao lullarápio.

    Curtir