UFC: enfim, Demian Maia recebe chance de disputar cinturão

Após sete vitórias seguidas, brasileiro enfrentará campeão Tyron Woodley no UFC 124, em 29 de julho, em Anaheim

O brasileiro Demian Maia, enfim, poderá disputar o cinturão peso-meio-médio do UFC (até 77 kg). Na noite desta quarta-feira, o campeão da categoria, o americano Tyron Woodley, anunciou no programa UFC Tonight, do qual é um dos apresentadores, que enfrentará Demian no UFC 214, em 29 de julho, em Anaheim, nos Estados Unidos.

Esta será a terceira disputa de cinturão do evento: Daniel Cormier x Jon Jones farão a luta principal pelo título dos meio-pesados (até 93kg), e a brasileira Cris Cyborg enfrentará a americana Tonya Evinger pelo cinturão vago do peso-pena feminino (até 66kg).

“Vou enfrentar Demian Maia, em Anaheim, na Califórnia. Ele está vindo para tomar o meu cinturão, mas não vai ser fácil. Estou treinando em Los Angeles, sei que ele tentará me jogar para o chão e estarei muito preparado para essa luta. Estou motivado para defender o meu cinturão”, afirmou Woodley.

O paulistano Demian Maia precisou de sete vitórias consecutivas para receber sua chance pelo cinturão. A última delas aconteceu em maio deste ano, contra Jorge Masvidal, por pontos, no no UFC 211. Esta será a segunda disputa de títulos do atleta de 39 anos. Na primeira, perdeu para o compatriota Anderson Silva, pelo peso-médio, em 2010.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Nelson Carvalho

    Espero que um dia a humanidade se livre deste tipo de “esporte”. Por certo, quando este dia chegar, se chegar, olharão para o passado e se envergonharão de pertencer a raça dita “humana”.

    Curtir

  2. qualquer arte marcial, é coisa pra homem hetero que não tem medo de pancadaria. quem não gosta ou não tem coragem de praticar, continue no balé ou algo parecido.

    Curtir

  3. Helio Carneiro

    O numero do evento está errado. É 214 e não 124. Corrige aí!

    Curtir