Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

UFC: demitido e suspenso, Toquinho caiu por reincidência

Atleta se defende, mas críticos lembram de outras três finalizações 'exageradas'

“É o segundo incidente em que ele tinha a finalização e não soltou. Ele está fora do UFC”, disse Dana White

Demitido na quinta-feira por causa da demora em soltar o americano Mike Pierce depois de finalizar o oponente, na quarta, no UFC em Barueri, o brasileiro Rousimar Toquinho Palhares recebeu outra má notícia nesta sexta-feira. De acordo com a Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA), ele está suspenso e não poderá participar de nenhum evento regulamentado pelo órgão durante os próximos 120 dias. A decisão foi motivada, segundo comunicado da comissão, pela “reincidência do atleta em atitude antidesportiva”. Desde o controverso desfecho da luta de quarta, os críticos do brasileiro usaram o currículo do atleta para cobrar providências do UFC, lembrando que ele já teve outras três finalizações parecidas na carreira. Toquinho nega ter tentado machucar o oponente: conforme seus treinadores, o lutador de 33 anos alega ter soltado a perna de Pierce logo que percebeu que a arbitragem encerrou a luta.

Leia também:

Sul-coreano ‘apaga’ Erick Silva com um soco

Americano estraga festa e bate Demian Maia

Rival resiste até o fim, mas Thiago Silva vence

No fim da manhã desta sexta, ele usou seu perfil no Twitter para se defender. “Da felicidade da vitória aos questionamentos sobre meu caráter em 1.8 segundo”, escreveu, em mensagem acompanhada por um vídeo que mostra o tempo transcorrido entre a desistência de Pierce e a soltura da perna do americano. Como diz a nota da comissão atlética, no entanto, Toquinho não perdeu o emprego no UFC apenas por causa do combate de quarta, mas sim em decorrência das cenas passadas de rivais já derrotados mas ainda presos aos golpes do brasileiro. Ele já havia sido suspenso por 90 dias, pelo mesmo motivo, depois do UFC 111. No comunicado em que confirma a demissão do brasileiro, a franquia cita esse episódio (e também uma suspensão de Toquinho por doping em 2012). Dana White, o chefão do torneio, já havia revelado a decisão algumas horas antes: “É o segundo incidente em que ele tinha a finalização e não soltou. Ele está fora do UFC”.

Mike Pierce

Tomasz Drwal

Flavio Luiz Moura

Helio Dipp Jr.