Tragédia em boate cancela evento de 500 dias para Copa

O governo do Distrito Federal cancelou neste domingo o evento desta segunda-feira que marcaria a contagem regressiva para os 500 dias da Copa do Mundo de 2014. A determinação partiu do governador Agnelo Queiroz (PT), em respeito às vítimas da tragédia que matou mais de 230 pessoas em um incêndio em uma boate na cidade de Santa Maria (RS), na madrugada deste domingo.

O evento ocorreria por meio de uma parceria do governo de Brasília com o Ministério dos Esportes, a Fifa e o Comitê Organizador Local (COL). “Este domingo é um dia de grande tristeza para mim e para todo o povo do Distrito Federal. Em nome dos brasilienses e dos demais brasileiros que moram na nossa capital, quero me solidarizar com os pais, mães, irmãos, familiares e amigos das vítimas dessa terrível tragédia em Santa Maria (RS) e com todos os gaúchos”, disse Queiroz.

A revelação do cartaz oficial da Copa do Mundo, prevista inicialmente para o evento em comemoração aos 500 dias, foi remarcada para esta quarta, às 12h30, após a reunião de diretoria do COL, no Rio de Janeiro.

Leia também:

Em Santa Maria, 30 feridos respiram por aparelhos

‘Ouvi uma menina gritar fogo e corri’, conta sobrevivente de incêndio

Fotógrafa da boate Kiss relata o pânico no momento das chamas

Alvará da boate Kiss estava vencido, afirmam bombeiros

Vídeo mostra momentos seguintes ao incêndio em boate

(Com Estadão Conteúdo)