Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torcida da Inter de Milão protesta – indo almoçar

Furiosos com a má fase da equipe, torcedores levaram faixas e deixaram o estádio San Siro logo no início da partida, que começou às 12h30

Os torcedores da Inter de Milão sofrem com mais uma temporada abaixo da crítica e encontraram uma forma curiosa de protestar. Neste domingo, os ultras (como são chamados os torcedores organizados na Itália) interistas deixaram as arquibancadas do San Siro aos 20 minutos do primeiro tempo. O motivo: preferiam almoçar, já que a partida começou às 12h30, horário local. Parece ter sido uma ótima ideia, pois o time do atacante brasileiro Gabigol foi derrotado por 2 a 1 pelo modesto Sassuolo.

“Já que vocês não merecem nosso apoio, hoje só viemos saludá-los e agora vamos comer”, dizia uma enorme faixa colocada pela ‘Curva Nord’ da Inter, em San Siro. Os torcedores ainda estenderam um pano branco, o “véu da piedade”, e protestaram pela série de temporadas vergonhosas da equipe.

O técnico Stefano Pioli, demitido na última semana, recebeu o apoio da torcida organizada. “Obrigado, Pioli, o único interista de um time de indignos e uma sociedade de comparsas.”

Iemmello marcou os dois gols do Sassuolo e o brasileiro naturalizado italiano Eder descontou. Gabigol entrou no segundo tempo e demonstrou vontade, mas não o suficiente para alterar o resultado. A Inter não vence há oito rodadas e está em oitavo lugar, com 56 pontos, a três da Fiorentina e a quatro do Milan, longe da classificação para as competições europeias. 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Se a torcida do America Mineiro resolver fazer isso também, o time do América vai ter que passar a jogar num restaurante.

    Curtir

  2. Gerson W. Barbosa

    Idem para a do Atlético Paranaense.

    Curtir