Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torcedor dinamarquês é condenado a pagar 251 mil euros por agressão a árbitro

Copenhague, 10 jan (EFE).- A Audiência Nacional da Dinamarca condenou nesta terça-feira um torcedor a pagar uma indenização de 251 mil euros à Federação Dinamarquesa de Futebol pela agressão ao árbitro da partida entre Dinamarca e Suécia, disputado em junho de 2007.

Com o incidente, os dinamarqueses perderam a partida, o estádio nacional de Parken foi fechado por dois jogos e a Uefa multou a Federação local.

A indenização é o dobro do que foi estipulado há dois anos por um tribunal de primeira instância, cuja decisão foi recorrida pelo próprio acusado.

A sentença considerou que o torcedor, de 33 anos, foi o responsável pelo ocorrido e deveria ter previsto que seus atos poderiam provocar uma perda econômica grande, além de exonerar a Federação Dinamarquesa de qualquer culpa.

O valor da pena resulta na soma imposta pela Uefa e as perdas estimadas ao time local, que teve que disputar duas partidas oficiais em estádios menores. Ainda assim, o valor da sentença é inferior aos 300 mil euros pedidos pela Federação.

O torcedor, chamado pela imprensa dinamarquesa de ‘tolo do futebol’, declarou antes do julgamento, que caso o Tribunal desse razão a entidade, ele teria que declarar sua falência. Mas, o próprio secretário do organismo, Jim Stjerne Hansen, avisou nesta terça-feira que o importante era estabelecer uma responsabilidade civil do infrator.

‘Não temos nenhuma esperança de conseguir todo o dinheiro e estamos prontos para discutir a quantia da compensação’, afirmou Stjerne.

O incidente aconteceu no dia 2 de junho de 2007 em um jogo de Eliminatórias para a Eurocopa 2008. O árbitro alemão Herbert Fandel suspendeu o jogo entre dinamarqueses e suecos depois que um torcedor dinamarquês, que saiu correndo em estado de embriaguez da arquibancada, o agrediu após marcar pênalti a favor da Suécia. EFE