Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tito assume o Barcelona preparado para substituir Guardiola à altura

A era Guardiola já é passado no Barcelona. O clube começou a dar os seus primeiros passos sem o seu antigo treinador nesta sexta-feira, ao apresentar o substituto Tito Vilanova como novo comandante da equipe. O auxiliar de Pep durante as últimas quatro temporadas europeias será o responsável por reestruturar a equipe e manter a filosofia de trabalho que tornou o time um dos mais vitoriosos do Velho Continente.

Sem contar com o mesmo prestígio de seu antecessor, Tito procurou se apresentar ao torcedor que não notou a sua presença no banco de reservas do Barcelona nos 14 campeonatos vencidos por Guardiola. O novo treinador do clube catalão admitiu que a sua tarefa à frente da equipe será difícil, mas prometeu o máximo de empenho para substituir seu ‘mentor’ à altura na próxima temporad

‘É um orgulho ser o escolhido. Sei das dificuldades, porque ninguém já se encontrou em uma situação assim após a etapa mais vencedora da história do clube. A favor, eu tenho um grupo de jogadores com vontade de seguir demonstrando que são os melhores. Eu assumo a responsabilidade, porque estou preparado. Tenho a vantagem de ter feito parte deste projeto vencedor’, declarou em sua primeira entrevista como o principal comandante do Barça.

Sem querer se comparar com Guardiola, Tito disse estar ciente de que a sua inexperiência poderá pesar de forma negativa no começo da temporada. Entretanto, o técnico fez questão de lembrar ao torcedor que auxiliou o antigo treinador em todas as conquistas recentes do Barcelona e mostrou estar preparado para absorver todos os conhecimentos passados por seu antecessor nestes quatro anos como auxiliar técnico.

‘Eu e Pep éramos muito unidos. Ele fala mais, só que sempre tomávamos as decisões juntos. Não vou tentar ser diferente, porque não teria sentido. Não há matrimônio no mundo que supere isso com as horas que passamos juntos. Sou consciente de que perco em todas as comparações, mas vim fazer o meu trabalho. Sinto-me parte importante de todos os títulos que ganhamos nestes anos’, encerrou o emocionado Tito Vilanova.

A pressão sobre o trabalho do novo comandante do Barcelona deve ser grande já no início da temporada europeia. O clube catalão decepcionou ao ser eliminado nas semifinais da Liga dos Campeões, em pleno Camp Nou, e não conseguiu correr atrás do Real Madrid na disputa do título Espanhol. Com a necessidade de novas conquistas importantes, o treinador se reunirá com os dirigentes espanhois já nos próximos dias para avaliar reforços e traçar o planejamento que será adotado neste ano.