Tite lamenta chances perdidas em sua 1ª derrota pela seleção

Treinador disse que "faltou efetividade" ao time na derrota por 1 a 0 para a Argentina, em Melbourne

O técnico Tite mostrou serenidade, mas admitiu frustração ao analisar a derrota desta sexta-feira para a Argentina, por 1 a 0, em Melbourne, sua primeira no comando da seleção brasileira. O treinador, que poupou diversos titulares, incluindo Neymar, lamentou a falta de pontaria do ataque. “Não tivemos efetividade”, resumiu.

“No segundo tempo, tivemos as melhores oportunidades. Jogamos melhor, articulamos mais jogadas, mas não tivemos efetividade. Por isso, perdemos”, comentou o treinador, em rápida entrevista na saída do campo à CBF TV, que transmitiu o jogo de forma independente.

Tite reconheceu que a Argentina esteve melhor no primeiro tempo. “O primeiro tempo foi mais equilibrado, com muitas dificuldades. Conseguimos neutralizar os dois articuladores da Argentina, Dybala e Messi, mas pelo lado esquerdo eles tiveram certa facilidade”, analisou.

“O sentimento é ruim, por perder, é um sentimento inconteste. Tem que saber absorver, eu tenho que saber absorver para ter a coerência da análise”, afirmou o treinador, que perdeu a invencibilidade à frente da seleção depois de 10 jogos.  O time volta a campo na próxima terça-feira para mais um amistoso, contra a anfitriã Austrália, novamente às 7h da manhã (horário de Brasília), no mesmo estádio Melbourne Cricket Ground.