Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tite e Sampaoli iniciam preparação para o clássico

Sem Neymar, Brasil enfrenta a Argentina de Messi na próxima sexta-feira, em Melbourne, na Austrália, às 7h (de Brasília)

As seleções brasileira e argentina já iniciaram a preparação para o clássico da próxima sexta-feira, marcado para às 7h (de Brasília), em Melbourne, na Austrália. O time brasileiro já está em solo australiano e fez seu primeiro treinamento nesta segunda-feira, ainda sem oito jogadores, além de Neymar, que ganhou férias antecipadas. Também em Melbourne, o técnico Jorge Sampaoli, que fará sua estreia diante do Brasil, recebeu o reforço de Lionel Messi nesta madrugada.

Tite comandou o primeiro treino da seleção brasileira em Melbourne, em atividade iniciada às 18h30 locais (5h30 de Brasília), no Lakeside Stadium. O treinador posicionou os 15 atletas disponíveis simulando situações que podem acontecer no amistoso diante da Argentina.

A principal preocupação da comissão é com a adaptação ao fuso horário da Austrália, que está 13 horas na frente do horário de Brasília. Segundo o preparador físico Fábio Mahseredjian, o ideal é manter os jogadores acordados e em contato com a luz do dia para uma adaptação mais rápida. Por este motivo, os atletas fizeram atividades na academia antes do treinamento no campo.

Os oito jogadores restantes devem se apresentar entre terça e quarta-feira. O zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Diego Souza só treinarão na quarta; Ederson, contratado pelo Manchester City, só se apresentará na véspera do clássico por causa do nascimento de sua filha. Após a partida contra a Argentina, a seleção vai enfrentar a Austrália também em Melbourne.

Nesta segunda-feira, treinaram o goleiro Diego Alves, os laterais Rafinha e Filipe Luís, os zagueiros Thiago Silva, Gil, David Luiz e Jemerson, o volante Fernandinho, os meias Renato Augusto, Philippe Coutinho, Willian e Giuliano e os atacantes Gabriel Jesus, Douglas Costa e Taison.

Argentina –  Também na madrugada desta segunda-feira, Sampaoli relizou sua segunda atividade no comando da seleção argentina, a primeira com as principais estrelas da equipe, como o atacante Lionel Messi. As únicas ausências dos trabalhos desta foram Gonzalo Higuain e Paulo Dybala, da Juventus, que perderam a final da Liga dos Campeões da Europa no último sábado para o Real Madrid.

O ex-treinador da seleção chilena e do Sevilla realizou uma atividade com espaços reduzidos. “O objetivo do treino de hoje foi a recuperação de bola e o posterior à recuperação. O que é necessário é o domínio e um bom posicionamento depois da recuperação de bola”, declarou Sampaoli à imprensa local.

Os amistosos na Oceania tem maior importância para a Argentina, que corre risco de não ir à Copa de 2018 na Rússia. Pelas Eliminatórias Sul-Americanas, ocupa a quinta colocação, o que lhe garantiria apenas uma vaga à repescagem do Mundial. Restando apenas mais quatro partidas, o time de Sampaoli enfrentará o Uruguai, fora, e a Venezuela, em casa, nas próximas rodadas, entre agosto e setembro.

Jorge Sampaoli comanda treino da Argentina

O treinador Jorge Sampaoli comanda treino da Argentina antes da partida contra o Brasil (AFA/Divulgação)

(com Estadão Conteúdo)