Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Thiago Silva retoma faixa de capitão da seleção para o clássico

Zagueiro recebeu voto de confiança de Tite e usará a braçadeira diante da Argentina, em Melbourne: 'Retorno com outra cabeça, mais experiente"

Thiago Silva retornará à seleção brasileira no clássico desta sexta-feira diante da Argentina e usará a faixa de capitão pela primeira vez desde o fracasso na Copa do Mundo de 2014. Em Melbourne, na Austrália, o zagueiro de 32 anos fará sua primeira partida sob o comando do técnico Tite e confia que conseguirá deixar as críticas para trás.

“Após um longo período fora, retorno com outra cabeça, mais experiente, mas com a mesma vontade do menino de jogar futebol, de fazer o que mais gosta. Para mim é sempre muito prazeroso vestir essa camisa. Eu senti muito, mas agora é um novo momento e tenho de demonstrar novamente meu valor, do que sou capaz, com muita lealdade e trabalho”, afirmou o jogador do Paris Saint-Germain em coletiva na noite de quarta-feira (manhã de quinta na Austrália).

Thiago Silva não veste a braçadeira desde a derrota para a Holanda na decisão de terceiro e quarto lugares da Copa de 2014. Foi na competição em casa que o defensor passou a ser contestado, sobretudo por causa de seu descontrole emocional nas oitavas de final, durante a cobrança de pênaltis contra o Chile.

“Encaro com naturalidade, a partir do momento que o Tite me convocou para a seleção é porque ele tinha confiança no meu trabalho. Sobre ser capitão, o mais importante é ter o respeito do meu treinador, da minha comissão técnica e, principalmente, dos meus jogadores que terei de liderar. Procuro ser sempre o Thiago Silva, verdadeiro no que faço e falo. É assim que eu vivo minha vida”, afirmou.

Ele será o oitavo capitão da Era Tite. Antes dele, Miranda, Daniel Alves, Renato Augusto, Filipe Luís, Fernandinho, Neymar e Robinho ostentaram a faixa. Ciente da forte concorrência de Marquinhos e Miranda, titulares com Tite e de férias no momento, Thiago Silva se diz satisfeito com o chamado do treinador, que lhe fez voltar a sonhar com a convocação para o Mundial de 2018, na Rússia.

“Tenho alguns sonhos ainda como profissional. Sou bastante sonhador e trabalhador também, porque não basta sonhar. Há dois jogadores excelentes na função: Marquinhos e Miranda, mas só voltar me deixou extremamente feliz, e quem está feliz faz as coisas com naturalidade. Isso me dá tranquilidade para trabalhar”, concluiu. A partida entre Brasil e Argentina começa às 7h (de Brasília) nesta sexta-feira.

(com Gazeta Press)

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. marcos bueno lima

    Lamentavel Sr. Tite, lamentavel.Porque dar essa moral a esse jogador?Voce esta jogando fora, tudo o que implantou, desde sua chegada.Jah vimos este filme antes, e o final, nao eh feliz.Lamentavel.

    Curtir

  2. Victor Alves

    O chorão voltou, voltouuuuuuuu

    Curtir