Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico deixa Senegal duas semanas após assumir

Por AE-AP

Dakar – Pierre Lechantre não é mais o técnico de Senegal. Nesta quinta-feira, a federação de futebol do país confirmou o desligamento do treinador, apenas duas semanas após ele ter assumido o cargo. De acordo com a entidade, o problema foi em relação ao pagamento de salários.

O presidente da federação, Augustin Senghor confirmou que Lechantre exigia receber seis meses de salários adiantados para permanecer no cargo e “não aceitava” a proposta de três meses oferecida por ele. O treinador justificou, dizendo que seu pedido aconteceu quando soube que havia um desentendimento na entidade sobre sua contratação, o que poderia colocar seu cargo em risco.

Lechantre, que já treinou Camarões e Mali, foi contratado no dia 27 de abril para o lugar de Amara Traoré, que liderou a seleção em uma péssima campanha na Copa Africana de Nações. No entanto, o nome de Bruno Metsu, que levou Senegal às quartas de final da Copa do Mundo de 2002, era o preferido de muitos dirigentes da federação.