Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sub-20: Brasil empata com Uruguai na estreia da 2ª fase

Empate em 0 a 0 deixa a seleção brasileira atrás da Argentina no hexagonal final. Meia Marcos Guilherme diz ter sido vítima de racismo na partida

A seleção brasileira não passou de um empate sem gols diante do anfitrião Uruguai na estreia da segunda fase do Sul-Americano Sub-20, na noite de segunda-feira. O time do técnico Alexandre Gallo foi melhor e criou boas chances, mas parou na retranca adversária e na grande atuação do goleiro Guruceaga, no Estádio Centenário, em Montevidéu.

O resultado embolou esta primeira rodada de hexagonal final. Brasil, Uruguai, além de Colômbia e Paraguai, que também empataram em 0 a 0 na segunda, estão empatados com um ponto. A liderança é da Argentina, que bateu o Peru por 2 a 0. Na segunda rodada, a seleção brasileira terá pela frente o Paraguai, na quinta-feira.

Racismo – Ao final da partida, o meia Marcos Guilherme contou ter sido vítima de ofensas racistas por parte do defensor uruguaio Facundo Castro e disse que irá denunciar o adversário. “Ele me chamou de macaco cinco vezes, nem escondeu a boca. Vou prestar queixa. E vamos ver se alguma câmera de TV pegou, para ajudar. Vamos levar isso à frente”, afirmou o jogador do Atlético-PR, em entrevista ao canal SporTV. Facundo Castro comentou o caso e não negou a acusação. “Que ele se preocupe mais em jogar e não em coisas extra-futebol”.

(Com Estadão Conteúdo)