Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suárez chora ao deixar a concentração do Uruguai

Atacante foi suspenso por nove partidas e se despediu da Copa do Mundo

O atacante uruguaio Luis Suárez já deixou a concentração uruguaia, em Natal, horas depois de ser anunciada a sua suspensão da Copa do Mundo. De acordo com informações de uma emissora afiliada da Rede Globo, o atacante deixou o local chorando e foi consolado por funcionários da comissão técnica. Na manhã desta nesta quinta-feira, a Fifa puniu Suárez pela mordida no ombro do zagueiro italiano Giorgio Chiellini na vitória do Uruguai sobre a Itália. Além de estar suspenso de nove partidas organizadas pela entidade, o atacante do Liverpool foi banido do futebol pelos próximos quatro meses e terá de pagar uma multa de 100 mil francos suíços (247 mil reais).

Leia também:

Siga no Instagram: uma seleção de fotos exclusivas em @vejanoinsta

Luis Suárez: o craque das reações intempestivas

Eliminação italiana tem mordida, protestos e demissão

“Mordida” do uruguaio Suárez ganha versões na internet

​Vídeo: Assista à mordida de Suárez

Apesar de o atacante já ter abandonado a concentração, a federação uruguaia promete recorrer da decisão. O presidente da entidade, Wilmar Valdez, confirmou que a federação irá apelar contra a punição, considerada “muito dura”. O dirigente defendeu que “não há tantos elementos de prova contundentes para se chegar a uma sanção como essa”. Valdez destacou que a Fifa não coletou nenhuma “imagem clara (na TV) de que houve uma mordida” de Suárez, embora Chiellini tenha exibido o seu ombro com as marcas de agressão. “Logicamente estamos trabalhando a apelação. Temos três dias para apelar, estamos neste caminho jurídico de tratar de reverter a situação deste ponto de vista”, afirmou o dirigente.

Patrocinador – A fornecedora de material esportivo Adidas anunciou que não vai mais usar o atacante Luis Suárez em publicidades e campanhas de marketing até o final da Copa do Mundo no Brasil. “A Adidas apoia totalmente a decisão da Fifa”, declarou a multinacional em um comunicado. “Não aprovamos o comportamento recente de Luis Suárez e nós o lembraremos uma vez mais do alto padrão que esperamos de nossos jogadores”, indicou a companhia. “Não temos qualquer plano de usar Suárez para qualquer atividade extra de marketing durante a Copa de 2014”, confirmou a empresa. A empresa 888poker, uma das companhias que o patrocina, também deixou claro que “não vai tolerar esse comportamento” e que vai “rever sua relação” com o jogador do Liverpool.

O capitão uruguaio Diego Lugano saiu em defesa de Luis Suárez em sua conta no Twitter. “Indignação, impotência; creio que isso é o que todos sentimos. Todos nós gostaríamos de um mundo mais justo, mas esse mundo simplesmente não existe. Os que mandam, mandam, e os que são fortes, são fortes…não nos julgam com a mesma lei”, afirmou o ex-zagueiro do São Paulo. “Abraço a Luis, que como sempre se erguerá, e principalmente a família dele que é quem mais sofre nestes casos. Sigam sentindo-se orgulhosos dele. Ele merece”, completou Lugano, antes de dizer que nada deterá a seleção uruguaia nesta Copa.

A propósito de lo que ha pasado…: http://t.co/IKALoExl3W || pic.twitter.com/E9nZkbLwsS

– Diego Lugano (@DiegoLuganoorg) 26 junho 2014

(Com agência Estadão Conteúdo)