Souza exalta treinamentos do Bahia e pede postura semelhante nos jogos

Artilheiro do Bahia no Campeonato Brasileiro, com oito gols, o atacante Souza elogiou a postura que os jogadores do clube vêm demonstrando nos treinamentos comandados pelo técnico Joel Santana. Ciente da necessidade de vitórias na competição, o centroavante pediu para que seus companheiros não percam o foco e mantenham a mesma postura nas próximas partidas da equipe.

Com dificuldades para conseguir se movimentar no setor ofensivo do Tricolor de Aço, Souza ainda culpou a falta de critatividade e o erro nos passes como os principais motivos para a escassez de gols do time. Apesar de ter marcado o tento dos baianos na derrota por 2 a 1, para o Figueirense, na rodada passada, o atacante ainda apontou a necessidade de ter jogadores de criação encostados na área adversária para conseguir balançar as redes.

‘Treinamento é treinamento e jogo é jogo. Treinamos muito bem e espero que sábado a bola possa chegar para eu estar lá e fazer os gols. As bolas vieram com qualidade no treinamento e marquei. Gosto de jogar assim. Quem estiver jogando na frente precisa encostar em mim, e nesses dois trabalhos a bola chegou’, avaliou Souza.

O centroavante também cobrou mais atenção de todo elenco, alegando que a falta de concentração vem fazendo com que a equipe perca uma série de pontos preciosos na competição. Na 15colocação, com 36 pontos, o Bahia ainda quer uma vaga na Sul-americana, mas precisará se livrar da ameaça do rebaixamento para mirar outros objetivos no campeonato.

‘Foram dois bons treinamentos coletivo e com certeza nós vamos entrar em campo de forma diferente neste jogo. Não podemos mais bobear, levar um gol dez segundos depois de fazer um gol. Estamos em uma situação complicada e precisamos ter ainda mais atenção’, declarou o atacante.

Nesta quinta-feira, Joel Santana comandou o segundo treino tático na semana e voltou a preparar a equipe em um esquema mais convencional. Diferente do último trabalho, o treinador escalou Magno no lugar de Nikão, voltando ao tradicional 4-4-2. Agora, os atletas já irão entrar em regime de concentração no período da noite, visando a partida deste sábado, contra o São Paulo, em Pituaçu.