Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sob pressão, Palmeiras visita Paraná para evitar mudanças bruscas

A derrota por 3 a 2 para o Guarani, que resultou na eliminação do time nas quartas de final do Campeonato Paulista, fez com que a pressão sobre técnico e atletas do Palmeiras aumentasse. Sem conquistar um título desde o Estadual de 2008, o Verdão não quer passar mais um ano sem levantar um troféu, e por isso o gerente de futebol César Sampaio prometeu ‘mudanças bruscas’ em caso de novo fracasso na Copa do Brasil, torneio no qual o Alviverde inicia a disputa das oitavas de final nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), contra o Paraná, em Curitiba.

A reformulação no grupo dos jogadores começou pelas saídas de do lateral esquerdo Gerley para o Bahia e do volante Tinga para o Ceará e pelas contratações do lateral esquerdo Fernandinho e do meia-atacante Mazinho. Mesmo sem dinheiro em caixa, a diretoria do Verdão promete fazer novas mudanças se a equipe não voltar aproveitar um bom desempenho, e nem o cargo do técnico Luiz Felipe Scolari, que iniciou a sua segunda passagem no segundo semestre de 2010, está garantida.

‘A maior frustração foi a maneira como perdemos para o Guarani, jogando abaixo do esperado. Já mostramos que podemos fazer mais do que foi feito. Se não houver uma resposta, teremos que fazer mudanças bruscas. Estamos aqui para produzir resultados do tamanho do clube, e é inadmissível o time tomar seis gols em dois jogos contra o Guarani’, disse César Sampaio.

No jogo desta quarta-feira o Palmeiras terá o desfalque do atacante Luan, que voltou a jogar no duelo contra o Guarani após uma operação no pé esquerdo, mas que terá de cumprir suspensão diante do Paraná graças aos incidentes ocorridos na partida contra o Corinthians, pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro do ano passado. Outro que está impedido de atuar pelo mesmo motivo é Fernandinho, que não terá condições de jogo devido a uma punição sofrida quando estava no Avaí.

As outras possíveis baixas no time de Palestra Itália são o atacante Maikon Leite, que se recupera de uma lesão no joelho esquerdo, o volante Chico, que sofreu uma pancada no tornozelo esquerdo em treino realizado na última semana, e o lateral direito Artur, com dores na coxa direita. Dos três, apenas o meio-campista participou do treinamento desta terça-feira e pode iniciar o duelo no banco de reservas.

Em compensação, o meia Mazinho está liberado para fazer a sua estreia pelo Palmeiras. O meia-atacante estava atuando regularmente pelo Oeste no Campeonato Paulista, no qual anotou oito gols, e deve iniciar a partida entre os suplentes.

Na posição do jogador, a expectativa é para saber se Valdivia, que jogou 30 minutos contra o Guarani, terá condições de atuar por mais tempo. O chileno passou por uma biópsia que pode proporcionar mudanças em seu treinamento. O objetivo é acabar com a série de lesões que o perseguem desde o ano passado.

Se o Palmeiras vem de uma decepção, o Tricolor da Vila conquistou uma classificação heroica diante do Ceará na segunda fase da Copa do Brasil. Eliminado até os 46 minutos do segundo tempo, o time paranaense conseguiu sua vaga com um gol de Douglas Tanque, no apagar das luzes, e chega motivado para enfrentar o Verdão.

O jovem atacante, aliás, entra na briga por uma vaga no time, embora a tendência seja manter a base que tem atuado na Copa do Brasil, única competição oficial disputada pelo Paraná até o momento na temporada.

A única mudança certa que o técnico Ricardo Pozzi (o ex-jogador Ricardinho) será obrigado a fazer é no gol. Luís Carlos recebeu três cartões amarelos e cumpre suspensão automática. Com isso, Thiago Rodrigues, que chegou a ser titular em parte das temporadas 2010 e 2011, ganha uma nova chance de mostrar serviço e, quem sabe, agarrar novamente a camisa 1.

O lateral direito Paulo Henrique, que em 2011 jogou no Verdão, embora tenha atuado mesmo apenas em dois jogos, sabe alguns segredos do adversário, especialmente seus pontos fortes, e espera passar sua experiência para o grupo. ‘É difícil dizer um ponto fraco deles. O importante é não fazer falta, por causa do Marcos Assunção. Temos que trabalhar isso porque é o forte deles’, avaliou.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ X PALMEIRAS

Local: Estádio Durival Britto e Silva, Curitiba (PR)

Data: 24 de abril de 2012, quarta-feira

Horário: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Fabrício Neves Correa (RS)

Assistentes: Marcelo Bertanha Barison (RS) e José Chaves Franco Filho (RS)

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Paulo Henrique, André Vinícius, Alex Bruno e Henrique; Alex Alves, Douglas Packer, Wendel e Luisinho; Elias e Nilson (Douglas).

Técnico: Ricardo Pozzi

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Marcos Assunção, João Vitor e Daniel Carvalho; Valdivia (Fernandão ou Patrik) e Barcos.

Técnico: Luiz Felipe Scolari

* especial para a GE.Net