Simeone descarta vitória para prejudicar rival e elogia Mourinho

Diego Pablo Simeone, técnico do Atlético de Madrid, descartou nesta terça-feira uma vitória exclusivamente para prejudicar o rival, Real Madrid, na Liga Espanhola. Nesta quarta, às 17 horas (de Brasília), as duas equipes fazem o clássico local no Estádio Vicente Calderón, pela 33rodada do nacional.

‘Seria medíocre pensar que, ganhando, faríamos um favor para o Barcelona (que disputa o título com os merengues). Não me importa o que se passa na cabeça dos outros. Queremos os três pontos para nós’, afirmou o treinador do Atlético.

Simeone também definiu como acha que vai ser o clássico desta quarta e ainda aproveitou para elogiar José Mourinho, técnico do Real. Os dois treinadores se enfrentam pela primeira vez em um dérbi de Madri.

‘Tenho admiração por Mourinho. Desde que ele assumiu (o Real), conseguiu orientar o seu grupo da melhor maneira, sendo competitivo de todas as formas. O Real vai querer solucionar o jogo rapidamente, mas nós, com nossas armas, vamos tentar encontrar os melhores caminhos para fazer uma boa partida’, disse o técnico do Atlético.

No dérbi, Simeone encara um grande tabu: desde 1999, quando ainda vestia a camisa do Atlético como jogador, não vence o Real Madrid no Vicente Calderón. No entanto, o treinador mostrou calma com a situação e admitiu não gostar de ‘histórias’ .

‘Sinceramente, creio que há uma primeira vez para tudo. E, bem, algum dia será. Com as palavras não se pode convencer nada. Eu quero ver, porque as palavras são palavras e os feitos são muito mais importantes, ainda mais nestes momentos. Nunca gostei de histórias. Gosto das coisas reais’, finalizou Simeone.

Com a vitória do Barcelona nesta terça, o Real Madrid entra em campo pressionado. Se vencerem, os merengues voltam a abrir quatro pontos de vantagem sobre a equipe da Catalunha. Já se tropeçarem, podem deixar a diferença em até um ponto, sendo que Real e Barça ainda se enfrentam no dia 22 deste mês, no Estádio Camp Nou, em Barcelona.