Sem Herrera, Botafogo volta aos treinamentos debaixo de chuva

Diferente do treino de segunda-feira, a atividade física realizada pelos jogadores do Botafogo nesta terça-feira aconteceu em General Severiano, e não na praia. A chuva constante que caiu nesta manhã não atrapalhou a programação, que foi bastante puxada.

O treino realizado pelo técnico Oswaldo de Oliveira durou cerca de uma hora e meia e foi separado por setores, de acordo com a função de cada jogador. Houve muita pegada e toques rápidos na bola. Já os goleiros fizeram atividades específicas com os preparadores.

A única ausência do treino desta terça-feira foi o atacante Herrera. Resolvendo problemas particulares na Argentina, o atleta só deve chegar ao Rio de Janeiro nesta quarta. Ao contrário do que foi especulado no final de 2011, Herrera não deve se naturalizar brasileiro, como o próprio informou em seu site oficial.

‘Já possuo o visto permanente para ficar no Brasil, portanto não há necessidade de me tornar brasileiro. Sou argentino e tenho muito orgulho disso.Tenho que respeitar meu país e ainda mantenho vivo o desejo de vestir novamente a camisa de minha seleção! Vou trabalhar muito para chegar lá!’, esclareceu o centroavante.

O pedido de naturalização teria sido feito pela diretoria do Botafogo, com o objetivo de abrir mais uma vaga para estrangeiros no clube. Além do argentino, especulou-se também que o atacante Loco Abreu estaria em processo de naturalização.