Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem decisão sobre o futuro, Rossi almeja mais dois anos na Ducati

O contrato do piloto italiano de MotoGP Valentino Rossi com a Ducati acaba ao fim de 2012, mas o heptacampeão da categoria quer seguir na equipe por, ao menos, mais duas temporada. Ele chegou ao time no ano passado e teve desempenho abaixo do esperado, sem vitórias e com apenas a sétima colocação do Mundial.

‘O cenário é que, durante a temporada tudo se tornará interessante,porque todos os pilotos têm seus contratos expirando, portanto as cartaspodem ser embaralhadas’, disse Rossi em entrevista coletiva nesta terça-feira. Ao lado de seu companheiro na Ducati, o norte-americano Nicky Hayden, e os pilotos da Ferrari, Felipe Massa e Fernando Alonso, ele participa do Wrooom, evento promocional em Madonna di Campilgio.

Rossi descartou também que possa se aposentar ao fim da temporada 2012 da MotoGP. Com 32 anos de idade, ele planeja seguir na categoria pelo menos por mais dois anos e colocar a Ducati novamente como uma das equipes de elite. No último ano, a Honda dominou o Mundial, principalmente com o australiano Casey Stoner.

‘Para ser honesto, não sei sobre o futuro. Gostaria de poder fazer a Ducati ser mais rápida e conseguir ganhar alguma coisa, aí talvez parar. Correr mais uns anos e obter alguns bons resultados, talvez essa seja minha meta, mas há muitas outras possibilidades’, avaliou o italiano, que dominou a MotoGP entre 2001 e 2005 e voltou a conquistar a categoria em 2008 e 2009.