Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Secretário-geral da CBF descarta renúncia de Del Nero

Segundo Walter Feldman, saída de Blatter não afeta federação brasileira

Apesar dos pedidos do senador Romário, Marco Polo del Nero não deverá seguir o exemplo de Joseph Blatter – que renunciou à presidência da Fifa depois dos escândalos de corrupção que envolvem o nome da entidade – e abrir mão do cargo de presidente da Confederação Brasileira de Futebol. De acordo com o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, Del Nero permanecerá à frente da entidade.

Leia também:

Renúncia de Blatter coloca em xeque Copas de 2018 e 2022

Zico levanta a possibilidade de se candidatar à presidência da Fifa

Del Nero nega renúncia e diz que não há nada contra ele

“Foi uma decisão de caráter pessoal do Blatter. Aqui a CBF continua com o Marco Polo. Não há possibilidade de renúncia e não temos nenhum abalo por conta disso. As denúncias não caracterizam nenhum envolvimento do nosso presidente”, afirmou Feldman à agência Reuters.

Na sexta-feira passada, Del Nero já havia convocado uma entrevista na sede da entidade para negar qualquer envolvimento nas denúncias que levaram o ex-presidente da CBF, José Maria Marin, à prisão, em Zurique, e garantir que seguirá no cargo. Assim como Blatter, Del Nero não teve seu nome citado na investigação da Justiça dos Estados Unidos.

(Da redação)