Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Scheidt e Prada reagem e voltam a sonhar com título

Por AE

Hyères, França – Os velejadores Robert Scheidt e Bruno Prada se recuperaram nesta quinta-feira no Mundial da classe Star, que está sendo realizado em Hyères, na França, e voltaram a sonhar com o título. A dupla brasileira ficou na quinta posição na regata, vencida pelos neozelandeses Hamish Pepper e Jim Turner, à frente dos principais concorrentes, e estão em segundo lugar na classificação geral. Além disso, com esse resultado, praticamente asseguraram o vice-campeonato.

Com a realização do descarte do pior resultado, Scheidt e Prada ocupam a segunda posição, com 20 pontos perdidos, cinco a mais do que os ingleses Iain Percy e Andrew Simpson, que lideram a competição. A diferença, porém, era maior, de 10 pontos, antes do início da regata desta quinta-feira, quando os descartes ainda não tinham sido feitos.

Os brasileiros são seguidos por Peter O�Leary/David Burrows, da Irlanda, e Mateusz KuszNierewicz/Dominik Zycki, que só podem ultrapassá-los com uma improvável combinação de resultados na última regata, marcada para sexta-feira.

“Foi uma dia bem difícil com ventos fracos. Montamos a primeira boia bem atrás, entre os 25, mas nos recuperamos durante a regata, inclusive passando o inglês que foi penalizado com bandeira amarela por estar bombando a vela”, explicou Prada.

Atuais bicampeões mundiais, Scheidt e Prada ainda podem faturar mais um título, dependendo do resultado da dupla inglesa, atual campeã olímpica. Os brasileiros, porém, ainda não definiram a estratégia para a última regata. “”Ainda não discutimos qual vai ser a nossa tática, tudo vai depender do vento”, completou Prada.