Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

São Paulo sabe: precisa ‘jogar muito mais bola’ e fazer gol na 4

Rhodolfo relatou uma intensa comemoração no vestiário pela vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, nessa quinta-feira, no primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil. Mas o elenco está ciente de que o futebol apresentado no Morumbi não será suficiente para o São Paulo sair do Couto Pereira como finalista na quarta-feira. A pretensão é de não só atuar melhor, mas de balançar as redes no Paraná.

‘Sem dúvida nenhuma, para nos classificarmos, teremos que jogar muito mais bola’, avisou Luis Fabiano. ‘Para nos classificarmos, teremos que fazer gol fora de casa. ‘Para isso, teremos que jogar muito mais e cada um dar um pouco mais de si’, continuou o centroavante, considerando o adversário ‘muito perigoso’ como anfitrião’.

Apesar do aviso do centroavante, e a consciência de que o desempenho nessa quinta-feira deixou a desejar, o elenco evita se criticar pela vitória magra. Afinal, para levar o clube à sua segunda decisão de Copa do Brasil, o Tricolor só não poderá perder por mais de um gol de diferença ou ser derrotado por 1 a 0 e ainda fracassar nos pênaltis.

Por isso, a evolução principalmente por jogar com um a menos no segundo tempo, quando Paulo Miranda foi expulso, é destacada. ‘O time não entrou tão bem no primeiro tempo, demos vacilos. Conversamos no vestiário e deu certo, a marcação está melhorando bastante, mas precisaremos nos doar mais. Temos que pensar neste jogo antes das finais’, lembrou Rhodolfo.

‘O time estava bastante animado no vestiário pela situação que se encontrava. Não estava fácil com 11 contra 11, mas com um a menos conseguimos o resultado que queríamos. O grupo ficou bastante feliz pelo empenho de todos, comemoramos muito na hora’, continuou o zagueiro.

Como boa lembrança, fica o empate por 2 a 2 no Serra Dourada, contra o Goiás, que confirmou a classificação são-paulina na fase anterior. ‘O jogo foi muito aberto, lá e cá, o Coritiba jogou de igual para igual. E temos todas as condições de jogarmos de igual para igual com eles lá e conseguirmos um bom resultado, como foi contra o Goiás’, Lucas. ‘Precisamos ver o que erramos para não repetirmos e definirmos a classificação’, completou o camisa 7.