Santos inicia comemoração com jogo entre veteranos

Por Sanches Filho

Santos – A comemoração oficial do aniversário de 100 anos de fundação do Santos começou na manhã deste sábado com a realização de uma partida festiva entre ex-jogadores do clube, realizada na Vila Belmiro, que atraiu pouco mais de 2 mil torcedores ao estádio, a partir das 9 horas.

A partida contou com a participação de alguns veteranos, como Manoel Maria, Abel, Clodoaldo, Alberto, Oberdan, Jamelli e Nenê Belarmino. O craque Lima esteve na Vila Belmiro, mas não atuou, apenas dirigindo uma das equipes da partida festiva.

“Eu fiz 70 anos em janeiro, não tenho mais condições de correr com esse pessoal”, justificou. “Não dá para descrever o que está acontecendo e o que estou sentindo. Parece o dia em que cheguei para assinar contrato com o Santos”, completou.

Dez torcedores foram chamados para completar as equipes. O time que vestiu a camisa listrada venceu o jogo por 3 a 2, com dois gols de Marcelo Passos e um de Oberdan. Já Márcio Fernandes, um dos destaques da partida ao lado de Marcelo Passos, e um torcedor fizeram os gols do time que usou a camisa branca do Santos.

Presenças constantes em eventos do Santos, Edu, Pita e Serginho Chulapa não estiveram na Vila Belmiro para o jogo festivo. Os ex-jogadores, assim como Gilberto Costa, participaram de uma festa promovida pela prefeitura de Cubatão para celebrar o centenário santista. Com ex-jogadores, show musicais, contagem regressiva e queima de fogos, o evento atraiu 15 mil pessoas, de acordo com os organizadores.

Após o duelo entre os ex-jogadores, a Vila Belmiro ainda receberá uma outra partida festiva. Os jogadores da equipe profissional vão enfrentar 100 crianças em duelo intitulado “nós contra a rapa”.