Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santos acerta venda de Geuvânio – para clube chinês, claro

Meia de 23 anos jogará no Tianjin Quanjin, time da segunda divisão chinesa dirigido por Vanderlei Luxemburgo

O jovem Geuvânio seguiu o caminho de vários compatriotas e se tornou o mais novo brasileiro a aceitar uma proposta milionária do futebol chinês. O meia de 23 anos acertou sua saída do Santos depois em reunião com a diretoria na noite desta quarta-feira. O Tianjin Quanjin, equipe que está na segunda divisão e é dirigida pelo técnico brasileiro Vanderlei Luxemburgo, aceitou pagar 11 milhões de euros (cerca de 49 milhões de reais) para contratá-lo.

O Santos, detentor de 35% dos direitos federativos dos jogador, lucrará 3,85 milhões de euros (17 milhões de reais). O restante dos direitos do jogador está dividido entre Doyen Sports (35%) e empresários (30%). O clube santista ainda não confirma oficialmente a negociação, pois os contratos não foram assinados.

Leia também:

‘Reis’ brasileiros na Ásia garantem que jogar na China vale a pena

Luxemburgo: ‘China não é barco furado, é transatlântico’

Chineses não cumprem acordo e Luiz Adriano retorna ao Milan

Presidente do Corinthians se irrita com debandada: ‘Quem quiser, pode ir embora’

O Santos chegou a recusar a proposta inicial dos mesmos 11 milhões de euros e ofereceu uma contraproposta de 17 milhões de euros (75 milhões de reais) para liberar Geuvânio, mas os chineses recusaram.

Eleito o destaque do Campeonato Paulista, Geuvânio entrou em declínio técnico e perdeu a posição de titular para Marquinhos Gabriel em 2015. Com a saída do novo titular, o atacante tinha a possibilidade de retomar o posto. Na quarta-feira, Geuvânio voltou aos gramados depois de três dias em recuperação de uma lesão no quadril.

Na China, Geuvânio terá como companheiros os experientes Jadson e Luis Fabiano, além do técnico Luxemburgo. Nesta quarta, o Tianjin, que vem realizando sua pré-temporada em Atibaia, mostrou que os brasileiros não terão vida fácil (ao menos dentro de campo): o time foi derrotado em amistoso por 4 a 0 pelo Bragantino. O time brasileiro que mais sofreu com a debandada chinesa até o momento foi o Corinthians: perdeu Ralf, Renato Augusto e Jadson no início nesta temporada.

(com Estadão Conteúdo)