Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rubinho passa no teste para pilotar em Indianápolis

Por AE

Indianápolis – Apesar dos 19 anos de experiência na Fórmula 1, Rubens Barrichello precisou passar nesta quinta-feira por uma espécie de teste para pilotar um carro. Ele participou do Programa de Orientação para Novatos no circuito oval de Indianápolis, nos Estados Unidos, e foi aprovado para disputar as 500 Milhas de Indianápolis, quinta etapa da temporada da Indy, marcada para o dia 27 de maio.

No teste, os pilotos precisam passar por três fases no tradicional e famoso oval de Indianápolis. Primeiro, dão dez voltas com velocidade entre 320 e 330 km/h. Depois, mais 15 entre 330 e 337 km/h. E, por fim, fazem as últimas 15 sem limite de velocidade. Entre os oito participantes, Rubinho terminou com o quarto melhor tempo: 42s0397 – o melhor foi o inglês James Jakes (41s2338).

No começo da semana, Rubinho participou de testes na pista de Fort Worth, no Texas (Estados Unidos), em sua primeira experiência num oval – nas suas quatro primeiras etapas na Indy, andou apenas em circuitos mistos. E disse ter sido “sensacional”. Agora, em Indianápolis, ele contou novamente coma assessoria do companheiro de equipe, o também brasileiro Tony Kanaan, que foi escalado pela direção da categoria para ajudar os novatos no treino realizado nesta quinta-feira.

“Gostei muito. Queria agradecer a Indy por ter essa sessão para novatos. Isso permite que você vá progredindo gradualmente sem muita pressão”, comentou Rubinho, após a atividade desta quinta-feira, que o credenciou para participar normalmente do treino oficial com os demais pilotos no sábado – a definição do grid de largada em Indianápolis será no dia 19 de maio.

Dos oito pilotos que participaram do teste nesta quinta-feira, dois não conseguiram completar o programa para novatos em Indianápolis. Um deles foi justamente o francês Jean Alesi, outro com enorme experiência na Fórmula 1. Mas tanto ele quanto o neozelandês Wade Cunningham terão nova oportunidade, nesta sexta, de se qualificar para os treinos oficiais das 500 Milhas.