Ronda Rousey desafiará Amanda Nunes no UFC 207

Brasileira fará sua primeira defesa de cinturão diante da estrela americana, que retorna ao octógono depois de mais de um ano de ausência

O aguardado retorno da americana Ronda Rousey ao octógono já tem data marcada. Depois de um ano sábatico, a estrela americana tentará recuperar o cinturão peso-galo feminino diante da nova campeã, a brasileira Amanda Nunes, no UFC 207, marcado para 30 de dezembro, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Rousey, de 29 anos, não luta desde novembro do ano passado, quando foi nocauteada impiedosamente pela compatriota Holly Holm, em Melbourne, na Austrália. Ronda foi a primeira campeã da história da categoria no Ultimate e defendeu o cinturão em seis ocasiões.

Já a baiana Amanda, de 28 anos, conquistou o cinturão em junho, ao finalizar Miesha Tate no primeiro round da luta principal do UFC 200, em Las Vegas, e fará sua primeira defesa.

A escolha do UFC representa um alívio para os fãs brasileiros, que estavam decepcionados com o tratamento dado a José Aldo e Ronaldo Jacaré. Também havia a possibilidade de Ronda enfrentar a brasileira Cris Cyborg, mas a escolha por Amanda Nunes faz mais sentido em termos esportivos. O presidente do UFC, Dana White, no entanto, já garantiu nesta quarta-feira ao programa The Herd, da Fox, que caso Ronda vença Amanda, sua próxima adversária será Cyborg.