Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Robston elogia torcida do Vitória e avisa: ‘Não vim para festejar’

Salvador é uma cidade famosa, entre outras coisas, pelo clima de festa. Com a proximidade do Carnaval, milhares de turistas desembarcam ali para aproveitar os trios elétricos e as praias. Mas nem todo mundo que vai para a capital baiana pensa assim. Robston, um dos reforços do Vitoria para esta temporada, diz que só pensa em trabalhar.

‘Não foram os atrativos de Salvador que me fizeram vir para o Vitória, porque não estou aqui para festejar. Vim para dar continuidade à minha carreira e conquistar os objetivos do clube e os meus, que são ganhar títulos e gravar meu nome na história do Vitória’, afirmou o atleta, em sua apresentação oficial no Barradão.

Mesmo tendo subido para a Série A no ano passado, o volante explicou por que preferiu trocar a disputa da primeira divisão nacional para defender o Leão. ‘A estrutura que o clube oferece ao jogador, e a torcida, que é apaixonada. Joguei contra o Vitória em 2010 e a gente sabe a paixão que essa torcida tem. Todo grande jogador gosta de jogar do lado do torcedor que incentiva e dá apoio ao time’, afirmou.

Com dois acessos à Série A no currículo – com o Atlético-GO, em 2009, e com o Sport, em 2011 -, o atleta, de 30 anos, sabe também da importância dos outros torneios que o Vitória vai disputar em 2012.

‘Meu pensamento é subir para a Série A, mas a gente tem três competições importantes. Primeiramente, temos que pensar no Campeonato Baiano, que é um campeonato que tem uma rivalidade muito grande, e na Copa Brasil’, finalizou.