Riquelme ignora Maradona: ‘Troco de canal quando ele fala’

Ex-jogador rebateu as críticas que recebeu de Maradona e Tevez, outros ídolos do Boca Juniors e da seleção argentina

Na Argentina, segue a troca de farpas entre três grandes ídolos do Boca Juniors . Depois de ser criticado por Carlos Tevez e por Diego Armando Maradona , o ex-craque Juan Román Riquelme,veio a público nesta quarta-feira para se defender. Ele tentou apaziguar o clima com Tevez, a quem chamou de “um bom menino”, mas ignorou as palavras de Maradona.

“Não me interessa o que ele diz, quando o vejo falar mudo de canal”, disse Riquelme, enquanto servia seu mate, em entrevista à Fox Sports da Argentina. “Meus amigos sabem que não me interessa e nem me contam. Não vejo TV e não me interessa o que ele diz”, reforçou Riquelme, que no passado já foi bem mais próximo de Maradona.

Riquelme havia sido uma das vítimas, ao lado de Daniel Alves, Lionel Messi e outros, da última entrevista de Maradona. Na confusão entre Tevez e Riquelme, o maior ídolo argentino deixou clara a sua posição. “Carlitos sempre foi meu preferido, se há um jogador do povo é ele, não outros ‘pecho frío‘ (gíria argentina que simboliza jogadores sem vontade, sem vibração). Román nos deu muito, mas se tenho que escolher, escolho Carlitos. É meu gosto, nada contra Riquelme, os dois jogaram no Boca e me fizeram felizes”, disse Maradona.

Riquelme falou rapidamente sobre Tevez, que o acusou de “fazer mal ao Boca” depois que parou de jogar por constantemente criticar a equipe e elogiar o rival River Plate. “Não vi, mas meus amigos me contam tudo. Conheço-o desde muito pequeno e me parece um bom menino, mais que isso não vou dizer.”

Ele, no entanto, ironizou as declarações de Tevez, que foi seu companheiro na seleção argentina e por um curto período no Boca. “Tive a sorte de jogar com jogadores muito bons e se o Boca tem seus Libertadores e meus companheiros me fizeram ganhar três, acho que não fiz tão mal ao clube.”