Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio-2016: com boicote de 7 atletas, seleção feminina de basquete se apresenta para evento-teste

Racha entre clubes e federação levou à recusa das jogadoras.

A seleção brasileira feminina de basquete iniciou a preparação para o evento-teste dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 na tarde desta quarta-feira, em meio a uma crise entre dirigentes. O técnico Antonio Carlos Barbosa recebeu apenas 11 atletas no primeiro treino, realizado no Clube Sírio, em São Paulo. A situação delicada vivida pela equipe a aproximadamente sete meses dos Jogos Olímpicos é efeito de um racha entre os clubes e a Confederação Brasileira de Basquete (CBB). Insatisfeitas com a administração da entidade, cinco das seis equipes que disputam a liga nacional decidiram boicotar a seleção.

Dos 12 nomes relacionados na convocação oficial, compareceram apenas Iziane (Sampaio Basquete), Isabela Ramona (Sampaio Basquete) e Clarissa (Corinthians Americana) – a última foi a única a “furar” o boicote, alegando que sua prioridade é defender a equipe nacional e disputar a Rio-2016.

Time Brasil lança música para a Olimpíada do Rio

Alegando motivos pessoais, pediram dispensa Adrianinha Moisés, Tainá Paixão e Tatiane Nascimento (América de Recife), Gilmara Justino e Joice Rodrigues (Corinthians Americana) e Jaqueline Silvestre e Tássia Carcavalli (Santo André). Damiris (Corinthians Americana) e Nádia (Sampaio Basquete) saíram por lesão.

De forma emergencial, Barbosa convocou Anna Beatriz Oliveira (Basquete Jaraguá), Carina dos Santos Martins (Sampaio Basquete), Palmira Marçal (Sampaio Basquete) Mariane Carvalho (ADC Bradesco) e Carina Felippus (Sampaio Basquete). Para substituir as lesionadas, vieram Erika (Adana Aski) e Karina Jacob (Sampaio Basquete).

Chamada de última hora, Laís Silva (São Bernardo) completou o grupo de 11 atletas que se apresentaram em São Paulo nesta quarta-feira. Com um número ímpar de atletas, Barbosa terá dificuldades na preparação para o evento-teste, com início previsto para o dia 15 de janeiro, no Parque Olímpico. A equipe enfrentará Austrália, Argentina e Venezuela.

(com Gazeta Press)