Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Réver prega respeito ao Goiás e vê empate com gols com bons olhos

O zagueiro Réver, que ficou de fora do jogo de ida pela semifinal do Campeonato Mineiro contra o Tupi, no último domingo, retorna a zaga titular do Atlético-MG no jogo desta quarta-feira, contra o Goiás, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O defensor alvinegro acredita que o Galo tem condições de obter uma vitória mesmo atuando fora de casa, mas deixa claro que um empate será considerado um bom resultado.

‘Eles têm uma equipe forte, com jogadores rodados. Espero que a gente possa estar numa noite feliz, anular alguns jogadores deles, e sair de lá com o resultado positivo. De preferência com uma vitória, mas um empate fora com gols não seria um resultado ruim’, disse Réver, que sabe que o Atlético-MG vai enfrentar dificuldades na partida.

‘A gente sabe que vai ser um jogo duro, diferente dos dois primeiros jogos. O Goiás é uma equipe muito grande no cenário nacional. Espero que vença o melhor, e que o melhor seja a gente’, afirmou o zagueiro, que deverá formar dupla com Luiz Eduardo, já que o companheiro Rafael Marques está lesionado.

Tradicionalmente o Goiás pode ser considerado uma espécie de carrasco do Atlético-MG, já que nas cinco vezes que se enfrentaram em competições de mata-mata, a equipe esmeraldina levou vantagem em todas. Em 1989, ano de lançamento da Copa do Brasil, o Goiás eliminou o Atlético-MG, o que também aconteceu nas edições de 1990 e 2001. Já em 2004 e 2009, as eliminações atleticanas ocorreram pela fase brasileira da Copa Sul-americana.