René exalta invencibilidade, mas pede eficiência nas próximas rodadas

Nas três partidas em que o técnico René Simões esteve no comando do Grêmio-SP, houve uma vitória e dois empates. O bom aproveitamento, no entanto, não convence o treinador, que pediu atenção para evitar novos deslizes como foi diante do Boa nesta terça-feira.

Rodrigo Arroz abriu o placar aos 37 do primeiro tempo, mas os mineiros viraram de forma heroica. Aos 47 da segunda etapa, ainda mais epicamente, o estreante Giovanni Augusto colocou a bola dentro das redes e aliviou a barra do time de Barueri, que acabaria perdendo pontos dentro de casa.

‘Não dá para ficar dependendo de resultados passados em uma competição dura como a Série B. O time está estacionado ali no meio e o acesso fica cada vez mais difícil. Acredito que nas próximas rodadas nós precisamos ser menos perfeccionistas e mais efetivos’, comentou o treinador do Grêmio-SP.

O treinador ainda comentou a respeito de Léo Gamalho e Diego Giaretta, que não poderão atuar na próxima rodada: ‘O Léo vinha sendo meu titular no ataque, é um jogador com grande visão de jogo para aquela posição. Já o Diego é outra questão, porque é a terceira expulsão seguida desse jogador na Série B, fica complicado, mas vamos sentar e conversar para resolver isso’.

O ‘psicólogo’ René Simões terá outra oportunidade de vencer dentro da Arena Barueri no próximo sábado, às 16h20, diante do Americana, que conta com uma vitória para se manter no G-4.