Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reforma do Maracanã chega à metade

Nessa fase, começa a instalação do anel de compressão da cobertura. Fim das obras está previsto para fevereiro de 2013, a tempo da Copa das Confederações

A pouco mais de um ano da Copa das Confederações, a reforma do estádio do Maracanã está exatamente na metade, de acordo com medição feita no última dia 30. Agora, começaram a ser colocadas as primeiras peças do anel de compressão da cobertura. Ao todo, serão 60 peças que sustentarão a estrutura. A instalação dos dutos de ventilação e ar condicionado já começou a tomar forma, assim como a construção das alvenarias dos futuros bares e sanitários do estádio.

O processo de construção das arquibancadas sobrepostas no nível superior também está em andamento. A laje para comportar as 358 vagas de estacionamento interno do estádio começou a ser preparada e, no mesmo ritmo, estão as lajes dos camarotes localizadas no segundo e terceiro pavimentos. No quesito acessibilidade, o túnel norte está pronto e as torres e rampas de acesso estão em processo de construção. No momento, 20 frentes de trabalho simultâneas executam a obra, com o objetivo de dar agilidade ao cumprimento do cronograma. De acordo com a Secretaria estadual de Obras, o planejamento está sendo cumprido e as obras serão concluídas em fevereiro de 2013.

VEJA IMAGENS DA REFORMA DO MARACANÃ

O estádio está fechado desde setembro de 2010 para obras orçadas em 859,94 milhões de reais – cerca de 30% acima do valor inicial. Os trabalhos no estádio que abrigará a final da Copa de 2014 já foram embargados pelo Ministério Público Federal, que se posicionou contra a nova cobertura do Maracanã, alegando que a construção é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Geográfico Nacional (Iphan), e enfrentou duas greves de trabalhadores.

O percalço mais recente veio na esteira do envolvimento da construtora Delta, de Fernando Cavendish, no escândalo que resultou na CPI do Cachoeira. Em dificuldades para obter financiamento bancário a suas operações, a Delta Construtora abandonou o consórcio responsável pela obra.

LEIA TAMBÉM:

Reforma do Maracanã: o recesso do gigante

Justiça decide pela continuação das obras no Maracanã

Mergulhe na arquibancada do Maracanã, em fotos em 360 graus