Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Realidade virtual na NBA: o melhor lugar da quadra é a sua casa

Liga americana de basquete explora nicho que pode garantir sua sobrevivência a longo prazo

Assistir a uma partida da liga americana de basquete, a NBA, à beira da quadra, não é, definitivamente, para qualquer mortal: um bom lugar para o clássico entre o Cleveland Cavaliers e o Golden State Warriors, disputado na semana passada em Oakland, na Califórnia, custava pelo menos 13 000 dólares. Mas agora, uma alternativa eletrônica, por meio de óculos de realidade virtual (RV), emula a sensação de estar presente a poucos metros da ação. Desde outubro a NBA oferece a transmissão ao vivo de um jogo por semana aos assinantes americanos do League Pass, o pacote pay-per-view vendido a 95 dólares. A liga promete que, até o fim desta temporada, que se encerra em junho, os assinantes do League Pass fora dos Estados Unidos também poderão assistir às partidas ao vivo. Aos fãs brasileiros, um alerta decisivo: os melhores lances e reprises dos jogos já estão disponíveis por aqui gratuitamente.

Assista aos jogadores de basquete do Esporte Clube Pinheiros experimentando o óculos de realidade virtual pela primeira vez:

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.