Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Real Madrid fecha acordo de R$ 1,4 bilhão por reformas no estádio

Previsto para 2020, novo Santiago Bernabéu terá teto retrátil, uma nova fachada e um 'sobrenome', com a venda de 'naming rights'

O Real Madrid apresentou nesta terça-feira um novo acordo para a remodelação do estádio Santiago Bernabéu. O presidente do clube Florentino Pérez revelou que o projeto de reforma custará 400 milhões de euros (aproximadamente 1,4 bilhão de reais), com início das obras previstas para 2017, e que haverá venda de ‘naming rights’ – segundo ele, uma empresa batizará o “sobrenome” do estádio.

O estádio renovado, que terá teto retrato e uma nova fachada, tem previsão de conclusão para 2020. “Este estádio é um dos ícones emblemáticos da nossa cidade e queremos torná-lo um dos melhores estádios do mundo e o símbolo indiscutível da força da nossa capital”, afirmou Florentino Pérez.

Veja também

O Real Madrid tentou remodelar o seu famoso estádio outras vezes, mas os projetos anteriores foram rejeitados por decisões municipais e judiciais. “Com este acordo, vamos iniciar um processo de modernização e transformação que vai transformar o estádio em um ícone arquitetônico de vanguarda”, disse o dirigente do Real, acompanhado pela prefeita da capital espanhola, Manuela Carmena.

Projeto para reforma do Estádio Santiago Bernabéu, pertencente ao clube espanhol Real Madrid

Maquete do novo Santiago Bernabéu, previsto para ser entregue em 2020 (Realmadrid.com/Divulgação)

O estádio originalmente inaugurado em 1947 vai manter a sua capacidade de pouco mais de 80.000 espectadores, embora setores possam ser remodelados. Uma das suas características mais notáveis, as quatro torres de acesso, serão cobertas pela nova fachada.

Florentino Perez disse que o Santiago Bernabeu manterá seu nome, mas pode ganhar um naming right como estádios “em todos os lugares do mundo”. O fundo de investimento International Petroleum Investment Company, de Abu Dabi, está ajudando a financiar a reforma e é o principal candidato.

O plano inicial do clube era construir um hotel e um shopping junto ao estádio remodelado, algo que tinha provocado feroz oposição. O clube ainda terá condições de usar o novo espaço comercial, mas não como originalmente planejado.

Um dos estacionamentos do estádio será transformado em uma grande área pública, e a nova cobertura vai ajudar a reduzir o ruído na vizinhança. “Este acordo aconteceu para promover o projeto de modernização do estádio e para melhorar e ambiente urbano em torno do nosso amado Bernabéu”, disse a prefeita Carmena.

Em março, o rival Barcelona anunciou o seu projeto de remodelação para o Camp Nou, aumentando a capacidade de 99.354 para 105.000 pessoas. O estádio também terá uma nova cobertura, que abrangerá todos os setores.