Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Real confirma grande fase e goleia Dinamo Zagreb na Champions

Redação Central, 22 nov (EFE).- Líder isolado do Campeonato Espanhol e já classificado para as oitavas de final da Liga dos Campeões, o Real Madrid confirmou o bom momento que vive ao golear o Dínamo Zagreb por 6 a 2, em casa, nesta terça-feira, pelo grupo D da competição europeia.

A equipe do técnico José Mourinho marcou três logo nos primeiros dez minutos de jogo, com Benzema, Callejón e Higuaín. Ainda na primeira etapa, Özil marcou o quarto do time merengue.

No segundo tempo, Callejón e Benzema aumentaram ainda mais o placar, mas o Dinamo Zagreb conseguiu diminuir a vantagem com Beqiraj e Tomecak, que balançou as redes nos acréscimos.

Mesmo sem contar com os brasileiros Marcelo e Kaká, machucados, e com Casillas e Cristiano Ronaldo no banco de reservas, o time misto escalado por José Mourinho garantiu os 100% de aproveitamento do time merengue.

O primeiro gol da partida veio logo aos 2 minutos. Em uma troca de passes no ataque, Benzema tabelou com Ozil e chutou rasteiro no canto esquerdo do goleiro, abrindo o marcador.

Cinco minutos depois, Benzema arrancou com velocidade e tocou para Callejón, que soltou uma bomba no canto direito de Kelava ampliando o placar.

A torcida, que ainda comemorava o segundo gol, assistiu, aos 9 minutos, Lass Diarra cortar a marcação e lançar para Higuaín. Na área, o artilheiro driblou o zagueiro e deu uma cavadinha na saída do goleiro, desenhando uma pintura que resultou no terceiro gol.

Com dificuldades para sair jogando, o Dinamo Zagreb passou a assistir o passeio do Real no Bernabéu. Aos 13, Coentrão cruzou rasteiro da esquerda para Higuaín, que finalizou por cima do gol. Mas aos 20, Özil não desperdiçou o rebote de Kelava e, com muita categoria, tocou no canto fazendo o quarto do jogo.

Após os quatro gols marcados no primeiro tempo, a equipe de Mourinho tirou o pé do acelerador, mas desperdiçou, pelo menos, mais duas boas oportunidades com Benzema e Higuaín.

A melhor chance veio aos 36, com Özil rolando a bola para Benzema. O atacante bateu colocado, mas o goleiro conseguiu espalmar pela linha de fundo.

Com a vitória assegurada, o Real voltou para o segundo tempo impondo um ritmo mais lento à partida, e tocando a bola no setor defensivo. Mas logo no terceiro minuto, um lançamento de Varone ainda do campo de defesa encontrou Callejón na grande área, e o meia, com um belo chute, ampliou para os merengues.

O Real ainda teve outras duas chances de ampliar nos primeiros 15 minutos da etapa final. A primeira delas com Higuaín, que bateu forte, forçando Kelava a fazer uma bela defesa. E a segunda com Callejón, que recebeu de Benzema e tocou de cobertura, mas o goleiro do Dínamo espalmou com a ponta dos dedos.

O sexto dos comandados de Mourinho saiu aos 20 minutos do segundo tempo. Em uma bela troca de passes, Benzema recebeu passe de calcanhar de Higuaín e tocou rasteiro, para o fundo das redes.

Com seis gols de vantagem no placar, o Real passou a administrar a partida, o que deu espaço ao Dínamo para tentar se arriscar mais no ataque. E a recompensa veio com um gol aos 35 minutos. Depois de um cruzamento da esquerda, Beqiraj se antecipou na primeira trave e desviou para o fundo do gol do goleiro Adán.

A resposta veio dois minutos depois, com Benzema, que acertou uma bela bicicleta no travessão de Kelavae quase marcou o sétimo dos merengues. Mas quem balançou as redes de novo foi o Dínamo, aos 44. Depois de um cruzamento na área, a bola sobrou com Beqiraj, que tocou para Tomecak empurrar para o fundo do gol vazio.

Com a goleada desta terça-feira, o Real Madrid chegou aos 15 pontos e assegurou matematicamente a primeira posição do grupo D. Já o Dínamo de Zagreb segue sem pontuar na Liga dos Campeões.

No outro confronto do grupo D, o Ajax arrancou um importante empate sem gols com o Lyon, na França, e ficou muito perto de uma das vagas do grupo D da Liga dos Campeões.

Na próxima rodada, que acontece no dia 7 de dezembro, o Real cumpre tabela contra o Ajax, fora de casa, enquanto o Dínamo recebe o Lyon na Croácia.

Ficha técnica:.

Real Madrid: Adán; Lass, Varane, Sergio Ramos (Raúl Albiol) e Coentrão; Sahin, Xabi Alonso (Granero) e José Callejón; Özil (Altintop), Benzema e Higuaín.

Técnico: José Mourinho.

Dínamo Zagreb: Kelava; Cufré, Vida (Ademi), Tonel e Ibáñez; Callello, Kovacic, Badelj, Sammir (Tomecak) e Alispahic (Leko); Beqiraj.

Técnico: Krunoslav Jurcic.

Gols: Benzema (2), José Callejón (2), Higuaín e Özil (Real Madrid); Beqiraj e Tomecak (Dinamo Zagreb).

Árbitro: Alan Kelly (IRL).

Cartões amarelos: Beqiraj e Cufré (Dinamo Zagreb). EFE