Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ramires nega abalo do time e diz estar pronto para pressão

Volante afirmou que já viu grandes atletas chorarem em momentos de tensão e disse que, para driblar o problema, contam com o auxílio do técnico Felipão

A questão psicológica continua sendo o assunto principal na seleção brasileira após diversos jogadores chorarem muito antes e depois da disputa de pênaltis contra o Chile, no sábado, no Mineirão. O volante Ramires, porém, negou que o time esteja abalado pela pressão de vencer a Copa do Mundo em casa e disse que já viu grandes atletas chorarem em momentos de tensão. “Está sendo bastante falada essa questão psicológica. O que vivemos contra o Chile foi uma emoção diferente. Passei por isso numa Liga dos Campeões, com jogadores ainda mais experientes. É normal isso em um jogo. Trabalhamos isso antes da Copa com a (psicóloga) Regina Brandão. Todo jogador está preparado para o que vier. O que passamos servirá de mais motivação”, disse, em entrevista coletiva nesta terça-feira na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

Leia também:

Siga no Instagram: uma seleção de fotos exclusivas em @vejanoinsta

Felipão cogita voltar no tempo, usando esquema do penta

Fernandinho aponta Brasil como favorito ao título da Copa

Neymar e David Luiz devem jogar contra a Colômbia

Ramires também garantiu que a seleção está preparada para passar novamente por tanta pressão e definir até o título mundial nas penalidades. “Jogamos 90 minutos, prorrogação, pênaltis, com 200 milhões de pessoas torcendo. O time está preparado para o que vier. Estamos administrando bem isso.” Para isso, o volante disse que conta com a ajuda de um especialista no assunto: o técnico Luiz Felipe Scolari. “Ele motiva bastante, percebe quando o jogador se abate porque não rendeu o que se espera. Dá força nas reuniões, fala que confia, que está ao lado do jogador, para que possa ajudar com seu melhor futebol.”

(Com Estadão Conteúdo)