Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente do Barcelona minimiza eliminação e garante espera por Guardiola

Redação Central, 24 abr (EFE).- O presidente do Barcelona, Sandro Rosell, reafirmou seu desejo pela permanência de Josep Guardiola no comando da equipe e aproveitou para elogiar os jogadores após a eliminação diante do Chelsea, nesta terça-feira, após empate por 2 a 2 no Camp Nou.

‘Espero e desejo que (o treinador do ano que vem) seja Pep. Suponho que tenha mais tempo para refletir nas próximas semanas. Confiamos nele, é fundamental em nosso estilo e em nossa aposta pelo jogo bonito. Esperamos que todo o grupo siga unido’, disse Rosell, em declarações a emissora ‘TV3’.

O treinador, que assumiu a equipe em 2008, ainda não confirmou se seguirá no comando do Barcelona no fim desta temporada. Campeão de todas as competições que disputou, pelo menos uma vez, o treinador tem tido dificuldades em sua renovação de contrato há duas temporadas.

Alheio a espera pelo anúncio do treinador sobre seu futuro, o máximo presidente do clube não deixou de dar seu apoio para os atletas e parabenizar o Chelsea.

‘Estamos orgulhosos de todos. Temos que felicitar nosso rival, que alcançou a vaga para a final’, disse à emissora ‘TVE’. O dirigente catalão qualificou a queda do Barça como injusta.

‘Cada vez que tivemos um tropeço podemos dizer que foi injusto, porque o Barcelona tem sempre mais posse e chances de gol. Mas é preciso aceitar. É como jogam nossos rivais. Às vezes funciona e para o Chelsea funcionou. Não mudaremos, é nossa forma de ser. Estou feliz e orgulhoso porque sabemos ganhar e também perder como o demonstrou nossa torcida’, garantiu Rosell.

O presidente do Barcelona diminuiu a importância do pênalti perdido pela sua maior estrela. ‘Teria sido fantástico que Messi marcasse o gol, mas não atribuo a isso a eliminação. Tivemos inúmeras oportunidades e eles três. Não se deve insistir nisso. É o jogo’, sentenciou. EFE