Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prêmio de consolação: Argentina assume liderança do ranking da Fifa

Campeão da Copa América, Chile pula oito posições e é o 11º colocado. Seleção brasileira cai para o 6º lugar

Apesar da decepção por mais uma derrota em finais, desta vez na Copa América do Chile, a seleção argentina assumiu o primeiro lugar no ranking da Fifa, com 1473 pontos, ultrapassando a campeã mundial Alemanha. Na sequência, aparecem outras seleções que não conquistaram títulos nos últimos anos: a Bélgica é a terceira, seguida por Colômbia e Holanda. O Brasil, eliminado nas quartas de final da Copa América, perdeu uma posição e ocupa o sexto lugar.

Leia também:

Os personagens do 7 a 1, um ano depois do vexame

Messi recusa prêmio de melhor da Copa América após nova decepção

Nos pênaltis, Chile bate a Argentina e conquista a Copa América

Com o título em casa, o primeiro de sua história, o Chile ganhou oito posições e aparece em 11º lugar. O destaque negativo da lista é a França, derrotada em amistosos por Bélgica e Albânia, que perdeu 13 posições e agora ocupa o 22º lugar. Com isso, a seleção francesa perdeu a condição de cabeça-de-chave para o sorteio dos grupos das Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia-2018, que acontecerá em 25 de julho em São Petersburgo – apenas os nove primeiros colocados levam vantagem no sorteio.

Houve ainda duas novidades surpreendentes entre os dez primeiros: após vitórias em amistosos e nas Eliminatórias para a Euro de 2016, a Romênia subiu quatro posições e é a oitava, enquanto o País de Gales pulou da 22ª para a 10ª posição. Líder, a Argentina não conquista um título desde a Copa América de 1993, justamente o ano da criação do ranking da Fifa.

(com agência France-Présse)