Prefeitura autoriza obras no estádio do Corinthians

Odebrecht deve iniciar os trabalhos no terrenos nos próximos dias

O Corinthians está acertando os últimos detalhes para dar início às obras do seu futuro estádio. Nesta quarta-feira, um dia depois de o clube assinar com a Odebrecht, a prefeitura publicou uma portaria autorizando a instalação do canteiro de obras. A principal preocupação é evitar o período de chuvas na cidade, que atrapalharia o serviço de remoção de terra e a escavação.

Nos próximos dias, a empresa vai começar a instalar o canteiro de obras, colocar tapumes em volta do terreno e marcar os trajetos dos caminhões para entrar e sair de lá. Os trabalhos de terraplenagem devem durar aproximadamente dois meses e, até lá, não será necessário um grande efetivo de trabalhadores. Segundo Roberto Andrade, diretor de futebol do clube, a construção do estádio deverá gerar 2.000 empregos diretos. Por causa da promessa do presidente Andrés Sanchez de que as obras começariam na última terça, muita gente foi ao local do futuro estádio corintiano. Roberto Andrade fez um apelo para as pessoas não perderem tempo: “Não é no canteiro de obras que será feito o recrutamento de operários. Isso será feito pela Odebrecht em outro local”. Até agora, no entanto, ninguém sabe dizer onde serão selecionados os trabalhadores. A esperança de muita gente de conseguir um emprego começou quando Sanchez garantiu que os trabalhadores seriam principalmente da zona leste de São Paulo – intenção confirmada na última terça por Roberto Andrade. “Vai ser dada prioridade para pessoas que estejam desempregadas e morem na zona leste. Isso já foi conversado com a Odebrecht.” (Com Agência Estado)