Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por vaga na Libertadores, Fla esquece pressão e mantém foco no Inter

O empate sem gols com o Atlético-GO manteve o Flamengo fora da zona de classificação para a Copa Libertadores, já que o time foi superado pelo Internacional na classificação. Em sexto lugar com os mesmos 57 pontos do Colorado, mas levando desvantagem nos critérios de desempate, o Rubro-negro se vê obrigado a vencer o confronto direto com o rival gaúcho, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), em Macaé (RJ), pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Mas, para que o objetivo seja alcançado, o clube vai precisar saber lidar com a pressão que recaiu sobre o Ninho do Urubu por conta dos últimos resultados ruins.

Depois de golear o Cruzeiro por 5 a 1, o Flamengo passou até mesmo a cogitar o título. O meia Ronaldinho Gaúcho deu uma declaração de que ‘tinham deixado o time chegar’, em um claro recado a Vasco e Corinthians, que se alternavam no topo da tabela de classificação. Porém, desde então, veio a derrota por 2 a 0 para o Coritiba no Sul, o empate sem gols em casa com o Figueirense, em novo confronto direto, e por fim a igualdade com os goianos no último fim de semana.

A saída da zona de classificação para a Copa Libertadores fez a torcida perder de vez a paciência, e os gritos de ‘time sem vergonha’ foram ouvidos nos dois últimos compromissos. Alguns jogadores criticaram a postura dos torcedores e acabaram se retratando.

O trabalho do técnico Vanderlei Luxemburgo é questionado por quase todos os setores do clube e dificilmente o comandante deverá ficar em 2012 na Gávea, mesmo se a vaga na Libertadores for conquistada. Isso porque o excesso de poder do treinador no clube já irritou a base aliada da própria presidente Patrícia Amorim.

É neste cenário conturbado que os jogadores começaram nesta terça-feira a preparação para o compromisso diante do Internacional. Apesar disso, o elenco garante foco total no choque com os colorados.

‘Estamos focados apenas na partida contra o Internacional, pois se trata de um confronto direto, em nossa casa e precisamos de qualquer maneira do resultado positivo. Respeitamos o nosso adversário, mas não podemos deixar escapar a possibilidade de ganhar. O objetivo é chegar na última rodada dependendo apenas das nossas próprias forças para nos classificarmos’, disse o volante Willians.

Além da forte pressão sobre o elenco, Vanderlei Luxemburgo ainda vai precisar administrar desfalques para o duelo com o Internacional. O lateral esquerdo Junior Cesar e o volante Muralha receberam o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão. O volante Aírton, com dores no tornozelo esquerdo, é dúvida e será reavaliado durante a semana.

‘Ainda dói um pouco, mas vou me dedicar muito ao tratamento para voltar contra o Inter. Lesionar-se faz parte do futebol, mas ninguém quer ficar fora em um jogo tão importante’, disse Airton.

Desta forma, Rodrigo Alvim surge como virtual solução para o lado esquerdo. Porém o jogador não vem agradando nos treinos e quando entra, recebe críticas dos torcedores. Assim, uma improvisação não está descartada na lateral. No meio-campo, Maldonado deve ser o companheiro de Willians, caso Aírton não se recupere.

A boa notícia é que o julgamento do meia Renato Abreu por conta dos tumultos acontecidos na vitória de 3 a 2 sobre o Flamengo foi adiado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para a próxima semana e ele terá condições de enfrentar o Internacional. Nesta quarta-feira, Vanderlei deverá começar a projetar a equipe que vai a campo.

Fora de campo o meia Jean Chera, de 16 anos, apontado como uma das promessas do futebol brasileiro, terminou bateria de exames e pode assinar contrato com o clube. O Santos, que tinha vínculo com ele, ameaça ir à Justiça pelo jogador.