Por ‘stress’ ante Ponte, São Paulo ganha elogios e folga nesta sexta

O elenco do São Paulo teve sua reapresentação marcada para as 16 horas desta sexta-feira, mas cerca de 20 minutos mais tarde os atletas já deixavam o CT da Barra Funda em seus carros, com ânimo exaltado por Lucas. ‘É só amanhã!’, gritou o meia-atacante. Como prêmio pela classificação contra a Ponte Preta, Emerson Leão os elogiou e cancelou o treino.

‘Tive uma conversa e dispensei todos. Hoje (sexta-feira) não tem treino, a não ser em casos específicos de atletas vinculados ao departamento médico ou por problema físico’, argumentou o técnico. ‘Pela quantidade de stress que passamos ontem (quinta-feira) e a capacidade demonstrada por todos eles, o fundamental é relaxar um pouco. Esse relaxamento passa por hoje (sexta-feira) também.’

Mesmo quem não foi relacionado para participar do duelo que valeu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil foi dispensado. O treinador lembrou de toda a pressão que envolvia a partida vencida por 3 a 1 – Luis Fabiano, na véspera, falou em risco de demissão de Leão e que o ‘caldeirão’ iria ferver em caso de eliminação.

‘Ontem foi um dia em que escutei muitas coisas, explicações, desculpas… Puxa, antes do jogo ouvi que jogávamos para sobreviver, para Leão ganhar gás, o Luis Fabiano precisa de gol, que o São Paulo estava há um período sem vencer… Mas que período é esse? De uma semana? O que é isso!? Por isso os atletas mereceram o elogio de hoje dentro do vestiário que fiz’, relatou.

‘Eu, que sou treinador, não tenho dificuldade nenhuma de elogiar meus atletas quando eles merecem, como também não tenho dificuldade nenhuma de cobrar quando necessário. É necessária uma boa simbiose para se descobrir um bom termo. E hoje achei que isso seria dispensá-los depois da minha conversa’, continuou.

O grupo só volta a treinar na manhã deste sábado, em atividade fechada para a imprensa, e ainda folga no domingo antes de se reapresentar às 16 horas (de Brasília) de segunda-feira.

‘Será um descanso para a parte muscular, psicológica, um relaxamento como prévia para o Dia das Mães e uma projeção do jogo do Goiás. Amanhã (sábado) tem treino e, a partir de segunda-feira, pensamos no que vamos precisar. E vamos precisar muito contra o Goiás’, avisou Leão, citando o técnico lembrando do jogo de quarta-feira, no Morumbi, o primeiro das quartas de final da Copa do Brasil.