Por Copa Rio de 1951, Palmeiras inclui estrela vermelha na camisa

Homenagem ao torneio internacional foi aprovada pela diretoria do clube

Palmeiras passará a ostentar uma estrela vermelha acima de seu escudo para lembrar a conquista da Copa Rio de 1951. O novo uniforme será estreado no confronto com o Atlético Tucumán, marcado para as 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, no Allianz Parque, pela Copa Libertadores.

A estrela na camisa como homenagem ao histórico título já era prevista no estatuto do Palmeiras. A ideia de efetivamente incluir a peça no uniforme foi apresentada em reunião do Conselho Deliberativo na noite desta terça-feira e aplaudida de pé pelos participantes.

“A estrela vermelha é uma demonstração de respeito à conquista, ao nosso torcedor, aos nossos ídolos e à nossa história. Estamos fazendo isso para valorizar a nós mesmos. Respeitamos qualquer opinião, mas o que importa é o sentimento, e o sentimento é que este é o maior título da história do Palmeiras e valorizaremos isso”, disse o presidente Maurício Galiotte.

Na decisão de 1951, o Palmeiras superou a Juventus, da Itália, em dois jogos disputados no Maracanã: ganhou por 1 a 0 a primeira partida e empatou por 2 a 2 a segunda.

Há anos, arrasta-se uma discussão entre Palmeiras e Fifa sobre a validade do torneio de 1951 como um título mundial. A entidade chegou a tratar a Copa Rio como o “primeiro torneio mundial de clubes” em 2014, mas reiterou que o primeiro Mundial de Clubes chancelado por ela foi o de 2000, vencido pelo Corinthians. A Copa Rio teve duas edições, a segunda vencida pelo Fluminense, no ano seguinte.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Luiz Carlos Porto

    Vai virar meme. A estrelinha é do PT?

    Curtir