Polícia dos EUA culpa Venus Williams por batida de carro e morte

Atleta americana envolveu-se em acidente que causou a morte de um homem de 78 anos e ferimentos na mulher dele

Um relatório da polícia do estado da Flórida, nos Estados Unidos, apontou a tenista Venus Williams como responsável por um acidente de trânsito, no dia 9 de junho, que causou a morte de um homem de 78 anos. O acidente aconteceu em Palm Beach Gardens, 128 quilômetros ao norte de Miami, onde vive a tenista. Até o momento Venus não recebeu acusação formal.

Segundo o relatório, Venus, ao volante de um veículo, tentou atravessar um cruzamento quando o semáforo ainda estava verde, teve de reduzir a velocidade na metade, por causa de um congestionamento, e, ao mudar de pista, não viu que outro carro estava passando e o atingiu.

Como resultado do impacto, o passageiro da frente do outro automóvel, Jerome Barson, de 78 anos, ficou gravemente ferido. Ele foi internado na Unidade de Tratamento Intensivo de um hospital local, onde permaneceu por duas semanas, e morreu no último dia 22. Linda Barson, mulher da vítima e que dirigia o carro, sofreu fraturas, mas sobreviveu.

A ex-número 1 do ranking da WTA, de 37 anos, não ficou ferida no acidente, nem há indícios de que estivesse sob influência de drogas ou álcool, ou mesmo de estar distraída por usar algum aparelho eletrônico, segundo apontou o relatório.

(Com EFE)