Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Patrocinador de Ganso ‘escala’ o meia para campanha sobre Olimpíadas

O meia Paulo Henrique Ganso foi requisitado pela Gillete, um de seus patrocinadores pessoais, a participar de uma campanha da empresa em parceria com o Comitê Olímpico Internacional (COI). Destaque do Santos e uma das maiores revelações do futebol brasileiro nos últimos anos, Ganso irá integrar um grupo de 24 atletas, de 18 países, numa ação para o incentivo a iniciação nos esportes olímpicos.

A ideia da empresa patrocinadora do camisa 10 do Peixe é realizar atividades que chamem a atenção dos jovens sobre a importância que a prática do esporte pode ter na vida de muitas pessoas.

Enquanto isso, Paulo Henrique Ganso segue de férias junto com os demais titulares santistas até o próximo dia 19, quando retorna as atividades na pré-temporada da equipe, no CT Rei Pelé.

Porém, a relação do jogador com a cúpula alvinegra voltou a ser turbulenta. A razão do problema foi a venda de 10% dos direitos econômicos do meia ao grupo DIS. Após anunciar a venda desse percentual ao investidor dias antes do início do Mundial de Clubes da Fifa, no Japão, Ganso voltou atrás em suas declarações no retorno do elenco ao Brasil.

Logo em seguida, o atleta notificou o clube sobre o interesse da DIS nos 10% de seus direitos, só que o Peixe optou por não exercer a sua preferência, abrindo mão da compra desse percentual.

Irritado, o presidente santista Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro declarou na semana passada que, caso haja uma proposta interessante e seja realmente a vontade de Paulo Henrique Ganso deixar o país, os santistas podem aceitar negociá-lo com o exterior. O Tottenham, da Inglaterra, foi apontado pela imprensa européia como um possível interessado na sua contratação.