Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para Kleina, sofrer dois gols em dois minutos desestabilizou a Ponte

A vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, que parecia tão próxima da Ponte Preta antes e nos primeiros minutos do segundo duelo contra o São Paulo, não se concretizou. A derrota por 3 a 1 para o São Paulo, no Estádio do Morumbi, sentenciou o adeus da equipe de Campinas à competição nacional.

‘Infelizmente, em dois minutos, tomamos dois gols. O jogo estava controlado, tínhamos conseguido neutralizar as jogadas deles, principalmente com o Fernandinho. Saímos na frente, tomamos um gol de bola parada e depois tivemos um lance infeliz e isso deu vida ao São Paulo’, avaliou o técnico Gilson Kleina.

Apesar do desapontamento pela desclassificação, o treinador já ajustou o discurso visando a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro.

‘Temos que levantar a cabeça, não podemos deixar cair, porque agora vamos começar um campeonato verdadeiramente difícil, de alto nível. Temos uma estreia e precisamos estar fortes, vamos falar de tudo que envolve uma Série A, vermos os jogadores que temos no elenco e pensar em um planejamento correto’, declarou.

Com dez dias de intertemporada, Kleina deve avaliar o atual elenco pontepretano e ponderar com a diretoria sobre possíveis reforços para a disputa da primeira divisão. A estreia da Macaca acontece no próximo dia 20, às 16 horas (de Brasília), contra a equipe do Atlético-MG, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.